Crucifixo com foice e martelo dado por Evo a Papa causa ‘racha’ na internet

cruz2A cruz em forma de martelo e foice entregue nesta quinta-feira ao Papa Francisco por Evo Morales, presidente da Bolívia, seria uma reprodução do objeto criado pelo jesuíta espanhol Espinal, morto em 1980 por paramilitares contrários às suas lutas sociais.
A imagem se espalhou pelas redes sociais como um furacão e dividiu internautas entre os que consideraram o presente pertinente, dada a homenagem que Francisco fizera na véspera ao colega jesuíta Espinal, e os que avaliaram o gesto como “blasfêmia” ou falta de respeito.
O papa também presenteou o presidente boliviano: suas escolhas foram um mosaico que reproduz um ícone bizantino de virgem Maria com o Menino Jesus e uma cópia da encíclica “Laudato se” (“Louvado seja”), em que discorre sobre ecologia.
Na chegada ao país, na tarde desta quarta-feira, o pontífice elogiou a política boliviana e disse que o país “integra os diferentes” e “faz dessa integração um novo fator de desenvolvimento”. Em clima de cordialidade, Evo, por sua vez, referiu-se a Francisco como “amigo Papa”.
A visita é parte da viagem do papa à América do Sul – ele já passou pelo Equador e termina a visita no Paraguai.

Tiroteio
O crucifixo em forma de foice e martelo, símbolos do comunismo, garantiu a Evo Morales um salto para o quinto lugar nos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter no Brasil.

Veja nove opiniões distintas sobre o objeto tão polêmico:
@samjovana: “Melhor só se fosse tudo vintage que o Evo comprou num brechó muito charmoso em Perdizes”
@lucas_ed: “Sabe qual o problema da cruz do Evo Morales? Ela é feia. No Vale do Jequitinhonha os artesãos populares fazem “cruzes comunistas” bem bonitas!”
@KarinFaice: “Pensando no assunto, se a gente considerar o quanto o comunismo perseguiu, matou e silenciou cristãos, o presente do Evo foi bem adequado”
@andersonpedrini: “Todo mundo falando do presente de Evo Morales ao Papa, mas esquecem de falar da importância da visita junto aos movimentos sociais”
@MichelArbache: “Repartir o pão – máxima comunista do primeiro grande comunista. Por que então tanta polêmica do presente que Evo Morales ofereceu ao papa?”
@EduPavao: “Não me parece fora de propósito juntar o símbolo da opressão comunista ao símbolo da opressão religiosa. Evo escreveu certo por linhas tortas”
@arrudavic: “Presente totalmente absurdo e ofensivo que Evo Morales deu ao papa. Mas não tenhamos pena do constrangimento do papa e sim dos comunistas”
@StefanoArroque: “Evo Morales mitando, pra variar”
@_oliveira_cesar: “O Papa foi muito educado de receber presente desse do Evo Morales. Mau gosto do mais alto nível”
G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial