Estudantes prometem para segunda-feira grande protesto contra aumento de passagem em Campina Grande

protestoEstudantes do MPL-CG, Movimento Passe Livre de Campina Grande realizaram ontem, sexta-feira (17) uma manifestação contra o aumento das passagens do transporte coletivo, o terceiro em 2015. No entanto, apesar de serem recebidos numa reunião onde estava sendo decidido o valor da nova tarifa, os estudantes foram enganados e o congelamento foi descartado. Com isso, eles lançaram uma nota, descrita abaixo e prometerem mais manifestação na próxima segunda-feira (20), a fim de evitar mais um reajuste no valor das passagens de ônibus que circulam em Campina Grande.

Confira a nota:
Na manhã desta sexta-feira, estudantes de Campina Grande se concentraram na Praça da Bandeira para exigir o cancelamento do aumento da passagem municipal de ônibus, de R$ 2,30 para R$ 2,70. Seria o terceiro aumento em menos de doze meses. Cerca de 500 pessoas seguiram em direção à STTP aonde estaria acontecendo a portas fechadas a reunião do Conselho Tarifário.

A ideia era ocupar e pressionar para o congelamento da passagem. Após intensa pressão, com a polícia jogando sprays de pimenta em estudantes de 15, 16 anos e ameaças de mortes por parte de diretores da STTP, o Conselho Tarifário permitiu que os manifestantes enviassem representantes para participar desta reunião democrática realizada a portas fechadas. Reunião tensa, com nervos a flor da pele.

O movimento estudantil e a sociedade sai de lá com a promessa de que a tarifa seria congelada. MENTIROSOS! Em menos de meia hora, o conselho tarifário, formado por representantes dos empresários que financiam a campanha eleitoral do prefeito, aprovaram um novo reajuste, desta vez R$ 2,65. Riram da nossa cara.

Essa farsa dos centavos é uma piada. Vamos aceitar? O preço é um roubo e o serviço uma porcaria. Sancionado, será enviado para o prefeito Romero Rodrigues homologar. O prefeito tem o dever moral de não homologar este assalto. Exigimos que ele receba os estudantes. Ou ele governa para a sociedade ou governa para os empresários de ônibus. Não iremos parar por aqui. É de R$ 2,30 pra baixo agora!

Queremos o congelamento da passagem, a melhoria do serviço público, transparência dos acordos das licitações, seguranças nos ônibus. Ninguém pediu aumento de passagem nenhuma. Convidamos também a sociedade em geral para comparecer segunda-feira, dia 20, as 15 horas, na Praça da Bandeira, para definirmos novas estratégias de resistência ao golpe no bolso do trabalhador.

Comissão Geral MPL-CG

Redação com Ascom

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial