Delegado da PB e secretário de Estado trocam ameaças e brigam ao vivo em entrevista; ouça

dueloO secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Wagner Dorta, e o ex da Pasta, atual delegado da Seccional em Guarabira, Wallber Virgolino, trocaram acusações, insultos e ameaças ao vivo no programa Correio Debate, da Rede Correio nesta quarta-feira 29).

Dorta foi o convidado do programa para fazer um balanço da situação dos presídios da Paraíba, descrever projetos e ações da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, mas ele fez comparações com a gestão anterior do cargo, o que desagradou o ex-secretário Wallber Virgolino.

Wallber entrou no ar por telefone para contestar as afirmações de Dorta e defender a gestão dele enquanto secretário da Pasta, até 2014. O que seria uma entrevista, acabou em uma grande confusão.

Wagner Dorta disse que Virgolino era uma “fraude da Segurança Pública”; que “as penitenciárias ficaram em situação crítica na gestão dele” e que ele “não era homem”. O delegado, por sua vez, rebateu e disse que “era homem suficiente para entrar pela boca [de Dorta] e sair por onde ele estava pensando…”.

Wallber Virgolino desligou o telefone e ao ser procurado novamente não quis mais se pronunciar sobre a confusão. Wagner Dorta deixou o Sistema Correio e não falou mais sobre o caso.

Wallber Virgolino foi secretário de Administração Penitenciária no primeiro mandato de Ricardo Coutinho (PSB), de 2010 a 2014, quando foi substituído por Wagner Dorta para a gestão do governador reeleito a partir de 2015. Virgolino foi empossado como delegado responsável pela Delegacia Seccional de Guarabira, a 100 km de João Pessoa, no Brejo paraibano.

ESCUTE O ÁUDIO:
Portalcorreio

dueloO secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Wagner Dorta, e o ex da Pasta, atual delegado da Seccional em Guarabira, Wallber Virgolino, trocaram acusações, insultos e ameaças ao vivo no programa Correio Debate, da Rede Correio nesta quarta-feira 29).

Dorta foi o convidado do programa para fazer um balanço da situação dos presídios da Paraíba, descrever projetos e ações da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, mas ele fez comparações com a gestão anterior do cargo, o que desagradou o ex-secretário Wallber Virgolino.

Wallber entrou no ar por telefone para contestar as afirmações de Dorta e defender a gestão dele enquanto secretário da Pasta, até 2014. O que seria uma entrevista, acabou em uma grande confusão.

Wagner Dorta disse que Virgolino era uma “fraude da Segurança Pública”; que “as penitenciárias ficaram em situação crítica na gestão dele” e que ele “não era homem”. O delegado, por sua vez, rebateu e disse que “era homem suficiente para entrar pela boca [de Dorta] e sair por onde ele estava pensando…”.

Wallber Virgolino desligou o telefone e ao ser procurado novamente não quis mais se pronunciar sobre a confusão. Wagner Dorta deixou o Sistema Correio e não falou mais sobre o caso.

Wallber Virgolino foi secretário de Administração Penitenciária no primeiro mandato de Ricardo Coutinho (PSB), de 2010 a 2014, quando foi substituído por Wagner Dorta para a gestão do governador reeleito a partir de 2015. Virgolino foi empossado como delegado responsável pela Delegacia Seccional de Guarabira, a 100 km de João Pessoa, no Brejo paraibano.

ESCUTE O ÁUDIO:
Portalcorreio