Trens descarrilam, caem de ponte e matam 27 na Índia

trensPelo menos 27 pessoas morreram depois que dois trens expressos lotados de passageiros descarrilaram e caíram de uma ponte na região central da Índia, na noite desta terça-feira (4), informam autoridades ferroviárias. Parte das composições ficarm submersas.
Os acidentes ocorreram no estado de Madhya Pradesh, informou Bijendra Kumar, funcionário da ferrovia.
“Vinte e sete pessoas morreram no acidente”, disse M.S Gupta, chefe da polícia ferroviária do estado.
Centenas de passageiros ficaram feridos. Mas apenas 25 estavam internados, sendo que um deles corre risco de morrer. Há pessoas presas nos vagões, mas o número não foi divulgado. Mais de 300 foram resgatados dos vagões e da água.
Número de mortos não é definitivo e pode aumentar.
Segundo as agências de notícias Associated Press (AP) e Reuters, o “Kamayani Express” viajava para Mumbai e descarrilou da ponte perto da cidade de Harda. O trem “Janata Express”, que vinha nos trilhos opostos, descarrilou logo em seguida.
O funcionário ferroviário Anil Saksena disse que chuvas inundaram o local e causaram deslizamentos de terra na região. As enchentes podem ser a causa dos descarrilamentos, segundo autoridade.Mergulhadores também estão no rio à procura de sobreviventes ou corpos.
O comissário de Relações Públicas do governo de Madhya Pradesh, Anupam Rajan, detalhou que entre os mortos estão 11 mulheres e cinco crianças.
O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, escreveu no Twitter que suas “orações estão com os feridos”.
A rede ferroviária indiana é, com 65.000 km de extensão, a quarta mais longa do mundo, atrás de Estados Unidos, Rússia e China. Além disso, conta com 1,3 milhão de funcionários e 12.500 trens e transporta diariamente cerca de 23 milhões de passageiros.
G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial