MULHER X MARIDO, DIÁLOGO

– Amor, quando eu morrer Você ainda vai se casar?
– Não sei, não vou responder! Quero um tempo pra pensar.
–Não sabe? Quem vai saber? Não gosta de estar casado?
– Prefiro não responder Não assim, precipitado.
– Se eu já estarei morta O que te impedirá?
– Se você não se importa. Está bem! Vou me casar.
Com um olhar magoado:
– E dormirá na mesma cama Onde cometemos pecados?
– Claro! Por que esse drama?
– Foi muito bom com você. Só por isso me casarei.
Dormiremos na mesma cama por economia, não sei.
– E minhas fotografias
Você trocará pelas dela?
– Claro! É o que eu farei, embora as suas sejam belas.
– Que ela não pegue meu carro, é só o que eu vou te pedir.
– Descanse em paz, meu amor. Ela não sabe dirigir.

– Amor, quando eu morrer Você ainda vai se casar?
– Não sei, não vou responder! Quero um tempo pra pensar.
–Não sabe? Quem vai saber? Não gosta de estar casado?
– Prefiro não responder Não assim, precipitado.
– Se eu já estarei morta O que te impedirá?
– Se você não se importa. Está bem! Vou me casar.
Com um olhar magoado:
– E dormirá na mesma cama Onde cometemos pecados?
– Claro! Por que esse drama?
– Foi muito bom com você. Só por isso me casarei.
Dormiremos na mesma cama por economia, não sei.
– E minhas fotografias
Você trocará pelas dela?
– Claro! É o que eu farei, embora as suas sejam belas.
– Que ela não pegue meu carro, é só o que eu vou te pedir.
– Descanse em paz, meu amor. Ela não sabe dirigir.