Os espetáculos Cafuringa e Mambem-bê-a-bá são as atrações do primeiro dia da Mostra Nacional de Teatro

NfestivalCGo dia 19 de agosto, às 9h30, acontece o espetáculo Teatro de Rua “CAFURINGA”, encenado pelo Grupo Cafuringa, de Recife – Pernambuco. A encenação conta a história do ventríloquo, embolador, vendedor de pomadas e garrafadas chamado Cafuringa.

Na encenação a linguagem circense, a música e o teatro; a arte da manipulação dos mestres bonequeiros Sauba de Carpina, Zé Lopes de Gloria de Goitá e artistas que conviveram e trabalharam junto com Cafuringa, como Diabolim (pirofagista e atirador de facas) e Charlito (estátua humana). A concepção cênica, produção executiva, encenação e texto são de Alexandre Menezes e Luiz Filho, do Grupo Cafuringa.

Ainda na quarta-feira, às 19h30, acontece o espetáculo campinense “Mambem-bê-a-bá: sem rir, sem chorar”, da Associação de Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral. O espetáculo com livre adaptação do texto “O mambembe”, de Artur Azevedo e José Piza, de 1904 é uma declaração de amor e defesa pelo teatro. A encenação apresenta as aventuras e desventuras de uma trupe mambembe viajando pelo país, permitindo falar do teatro de ontem e de hoje.

A peça se passa em nosso tempo e aquelas apresentações realizadas pelos artistas mambembes, que compõem algumas cenas do espetáculo, funcionam como possibilidade de passar em revista algumas montagens dos textos da dramaturga Lourdes Ramalho realizadas nos últimos anos na cidade de Campina Grande.

Serviço:
Espetáculo de Teatro de Rua: Cafuringa, de Alexandre Menezes e Luiz Filho, do Grupo Cafuringa de Recife/ PE.
Local: Praça da Bandeira
Hora: 9h30

Espetáculo: Mambem-bê-a-bá: sem rir, sem chorar, dramaturgismo de Diógenes Maciel, direção de Duílio Cunha, da Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral, de Campina Grande/ PB.
Local: Palco na Praça da Bandeira
Hora: 19h30

Assessoria de Comunicação – FICG 2015
Giseli Sampaio – (83) 99965-7670 / (83) 98753-1369
Mayra Pereira – (83) 99624-1261/ (83) 99145-2026

NfestivalCGo dia 19 de agosto, às 9h30, acontece o espetáculo Teatro de Rua “CAFURINGA”, encenado pelo Grupo Cafuringa, de Recife – Pernambuco. A encenação conta a história do ventríloquo, embolador, vendedor de pomadas e garrafadas chamado Cafuringa.

Na encenação a linguagem circense, a música e o teatro; a arte da manipulação dos mestres bonequeiros Sauba de Carpina, Zé Lopes de Gloria de Goitá e artistas que conviveram e trabalharam junto com Cafuringa, como Diabolim (pirofagista e atirador de facas) e Charlito (estátua humana). A concepção cênica, produção executiva, encenação e texto são de Alexandre Menezes e Luiz Filho, do Grupo Cafuringa.

Ainda na quarta-feira, às 19h30, acontece o espetáculo campinense “Mambem-bê-a-bá: sem rir, sem chorar”, da Associação de Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral. O espetáculo com livre adaptação do texto “O mambembe”, de Artur Azevedo e José Piza, de 1904 é uma declaração de amor e defesa pelo teatro. A encenação apresenta as aventuras e desventuras de uma trupe mambembe viajando pelo país, permitindo falar do teatro de ontem e de hoje.

A peça se passa em nosso tempo e aquelas apresentações realizadas pelos artistas mambembes, que compõem algumas cenas do espetáculo, funcionam como possibilidade de passar em revista algumas montagens dos textos da dramaturga Lourdes Ramalho realizadas nos últimos anos na cidade de Campina Grande.

Serviço:
Espetáculo de Teatro de Rua: Cafuringa, de Alexandre Menezes e Luiz Filho, do Grupo Cafuringa de Recife/ PE.
Local: Praça da Bandeira
Hora: 9h30

Espetáculo: Mambem-bê-a-bá: sem rir, sem chorar, dramaturgismo de Diógenes Maciel, direção de Duílio Cunha, da Associação Amigos do Teatro Municipal Severino Cabral, de Campina Grande/ PB.
Local: Palco na Praça da Bandeira
Hora: 19h30

Assessoria de Comunicação – FICG 2015
Giseli Sampaio – (83) 99965-7670 / (83) 98753-1369
Mayra Pereira – (83) 99624-1261/ (83) 99145-2026