Ato pró-Dilma acaba em CG; PM conta 800 participantes, mas PT na PB fala em 2 mil

ficaOs protestos a favor da presidente Dilma Rousseff (PT) ocorreram em quase todo o Brasil na tarde desta quinta-feira (20). Na Paraíba, o ato pacífico ocorreu na praça Clementino Procópio, no Centro de Campina Grande. Os organizadores falam que foram 2 mil pessoas, mas a Polícia Militar estima que foram 800.

A manifestação teve concentração em João Pessoa, onde caravanas se organizaram e seguiram para Campina Grande no começo da tarde desta quinta.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) informou que os manifestantes estão em defesa da Petrobras, da democracia e contra as decisões do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara.

Em Campina Grande, os manifestantes saíram da praça em passeata pela ruas centrais da cidade e terminaram a manifestação por volta das 18h30.

O presidente no PT na Paraíba, Charliton Machado, disse na noite desta quinta (20), ao Balanço Geral da 98 FM Campina Grande, que o PT conseguiu colocar o Brasil no protagonismo internacional e uniu esse desenvolvimento aos avanços sociais.

Perguntando sobre os ataques e agressões sofridos pelo partido, em redes sociais e discussões, Machado falou que a democracia deve ser respeitada. “O que foi decidido nas urnas em 2014 deve ser mantido. O PT segue governando até 2018 e isso não tem o que contestar; foi a escolha do povo”.
Portalcorreio

ficaOs protestos a favor da presidente Dilma Rousseff (PT) ocorreram em quase todo o Brasil na tarde desta quinta-feira (20). Na Paraíba, o ato pacífico ocorreu na praça Clementino Procópio, no Centro de Campina Grande. Os organizadores falam que foram 2 mil pessoas, mas a Polícia Militar estima que foram 800.

A manifestação teve concentração em João Pessoa, onde caravanas se organizaram e seguiram para Campina Grande no começo da tarde desta quinta.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) informou que os manifestantes estão em defesa da Petrobras, da democracia e contra as decisões do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara.

Em Campina Grande, os manifestantes saíram da praça em passeata pela ruas centrais da cidade e terminaram a manifestação por volta das 18h30.

O presidente no PT na Paraíba, Charliton Machado, disse na noite desta quinta (20), ao Balanço Geral da 98 FM Campina Grande, que o PT conseguiu colocar o Brasil no protagonismo internacional e uniu esse desenvolvimento aos avanços sociais.

Perguntando sobre os ataques e agressões sofridos pelo partido, em redes sociais e discussões, Machado falou que a democracia deve ser respeitada. “O que foi decidido nas urnas em 2014 deve ser mantido. O PT segue governando até 2018 e isso não tem o que contestar; foi a escolha do povo”.
Portalcorreio