Árvore suspensa com 21 metros bate recorde e encanta visitantes

arvoreA Parada Ferretti, localizada em Barra Velha (SC), entra para o RankBrasil em 2015 pelo recorde de Maior árvore suspensa do Brasil. O pendural tem 21 metros de altura, aproximadamente 20,5 toneladas e volume estimado do tronco de 27,5 metros cúbicos.
O Eucalipto-Saligna (Eucalyptus saligna Smith) é o centro de sustentação dos pilares do salão principal do estabelecimento. A espécie originária da Austrália foi encontrada próxima à região onde houve a construção da Parada, mesmo assim, por seu tamanho gigantesco teve bastante complicação no transporte.
De acordo com o idealizador do local, Oilton Ferretti, o pendural é uma solução comum da engenharia para ganhar espaço e o verdadeiro ineditismo está relacionado à distribuição das raízes em 360 graus. “Geralmente as raízes do eucalipto se aglomeram pela busca por nutrientes. Nesse caso, as raízes foram para todos os lados. Isso me encantou”, lembra.
Para o empresário, são exatamente as raízes da peça suspensa que causam impacto e atraem tantos visitantes. “A oportunidade de olhar uma árvore por baixo é o grande diferencial e é uma experiência inédita para a maioria das pessoas”.
Outro aspecto incomum, segundo Ferretti, é que a espécie geralmente brota no caule e neste caso tem outro eucalipto menor nascido a partir da parte inferior. “Além disso as raízes se fundiram umas nas outras, situação também raríssima”.
Sobre a conquista do recorde junto ao RankBrasil, conforme ele o mérito da pessoa é apenas por ter aproveitado o material disponível. “Não se trata de um prêmio para o construtor, mas um brinde à natureza por mostrar uma árvore tão diferente e encantadora”, destaca.

PARADA FERRETI
A Parada começou a ser construída em 2002, entrou em funcionamento no ano de 2005 e é composto por restaurante, posto de gasolina e várias lojas. Além do pendural, conta com diversos outros pontos de interesse, em especial para os apreciadores da arte na madeira.
O aproveitamento de árvores está por toda parte: desde a estrutura de sustentação do local, passando por floreiras externas, até a decoração nos banheiros. Destacam-se a capela cristã ecumênica, a sala do eucalipto, os bancos de vários formatos e o mirante com visão para o mar construído sobre o tronco de eucalipto.
De acordo com Ferretti, essa diversidade de atrações é o que garante mais de 40 mil visitantes por mês. O empresário ainda comenta sobre a forma diferenciada de operação da Parada, por todos os espaços terem sido alugados. “Isso permitiu uma geração de 80 a 100 empregos”, revela. Quem tiver curiosidade, o estabelecimento fica na BR-101, no Km 91,5, em Itajubá, Barra Velha.

MATÉRIA-PRIMA
Antes da execução do projeto da Parada, Oilton Ferretti visitou cerca de 400 estabelecimentos de beira de estradas do Brasil, verificando os tipos de construção. “Queria utilizar material da região sem copiar edificações já existentes”, lembra.
Segundo ele, durante a duplicação da BR-101 muitas árvores – a maioria eucalipto – seriam derrubadas e descartadas pelo baixo valor de mercado. “Foi então que surgiu a ideia de fazer algo simples e inédito, mas barato, aproveitando esta matéria-prima.
A partir de 1996, o empresário começou a armazenar o material até ter o suficiente para iniciar a obra. “Ganhei grande parte dos troncos. Muitos estavam próximos a residências ou a fios elétricos, dificultando a extração”, diz.

OFICIALIZAÇÃO DO RECORDE
O recorde de Maior árvore suspensa do Brasil será oficializado em cerimônia que acontece no dia 29 de agosto, a partir das 19h30, no restaurante da Parada Ferretti (administrado pela Estação 101 Gourmet Ltda). O representante do RankBrasil, Luciano Cadari estará presente para entregar troféu e certificado pelo título nacional.

arvoreA Parada Ferretti, localizada em Barra Velha (SC), entra para o RankBrasil em 2015 pelo recorde de Maior árvore suspensa do Brasil. O pendural tem 21 metros de altura, aproximadamente 20,5 toneladas e volume estimado do tronco de 27,5 metros cúbicos.
O Eucalipto-Saligna (Eucalyptus saligna Smith) é o centro de sustentação dos pilares do salão principal do estabelecimento. A espécie originária da Austrália foi encontrada próxima à região onde houve a construção da Parada, mesmo assim, por seu tamanho gigantesco teve bastante complicação no transporte.
De acordo com o idealizador do local, Oilton Ferretti, o pendural é uma solução comum da engenharia para ganhar espaço e o verdadeiro ineditismo está relacionado à distribuição das raízes em 360 graus. “Geralmente as raízes do eucalipto se aglomeram pela busca por nutrientes. Nesse caso, as raízes foram para todos os lados. Isso me encantou”, lembra.
Para o empresário, são exatamente as raízes da peça suspensa que causam impacto e atraem tantos visitantes. “A oportunidade de olhar uma árvore por baixo é o grande diferencial e é uma experiência inédita para a maioria das pessoas”.
Outro aspecto incomum, segundo Ferretti, é que a espécie geralmente brota no caule e neste caso tem outro eucalipto menor nascido a partir da parte inferior. “Além disso as raízes se fundiram umas nas outras, situação também raríssima”.
Sobre a conquista do recorde junto ao RankBrasil, conforme ele o mérito da pessoa é apenas por ter aproveitado o material disponível. “Não se trata de um prêmio para o construtor, mas um brinde à natureza por mostrar uma árvore tão diferente e encantadora”, destaca.

PARADA FERRETI
A Parada começou a ser construída em 2002, entrou em funcionamento no ano de 2005 e é composto por restaurante, posto de gasolina e várias lojas. Além do pendural, conta com diversos outros pontos de interesse, em especial para os apreciadores da arte na madeira.
O aproveitamento de árvores está por toda parte: desde a estrutura de sustentação do local, passando por floreiras externas, até a decoração nos banheiros. Destacam-se a capela cristã ecumênica, a sala do eucalipto, os bancos de vários formatos e o mirante com visão para o mar construído sobre o tronco de eucalipto.
De acordo com Ferretti, essa diversidade de atrações é o que garante mais de 40 mil visitantes por mês. O empresário ainda comenta sobre a forma diferenciada de operação da Parada, por todos os espaços terem sido alugados. “Isso permitiu uma geração de 80 a 100 empregos”, revela. Quem tiver curiosidade, o estabelecimento fica na BR-101, no Km 91,5, em Itajubá, Barra Velha.

MATÉRIA-PRIMA
Antes da execução do projeto da Parada, Oilton Ferretti visitou cerca de 400 estabelecimentos de beira de estradas do Brasil, verificando os tipos de construção. “Queria utilizar material da região sem copiar edificações já existentes”, lembra.
Segundo ele, durante a duplicação da BR-101 muitas árvores – a maioria eucalipto – seriam derrubadas e descartadas pelo baixo valor de mercado. “Foi então que surgiu a ideia de fazer algo simples e inédito, mas barato, aproveitando esta matéria-prima.
A partir de 1996, o empresário começou a armazenar o material até ter o suficiente para iniciar a obra. “Ganhei grande parte dos troncos. Muitos estavam próximos a residências ou a fios elétricos, dificultando a extração”, diz.

OFICIALIZAÇÃO DO RECORDE
O recorde de Maior árvore suspensa do Brasil será oficializado em cerimônia que acontece no dia 29 de agosto, a partir das 19h30, no restaurante da Parada Ferretti (administrado pela Estação 101 Gourmet Ltda). O representante do RankBrasil, Luciano Cadari estará presente para entregar troféu e certificado pelo título nacional.