Doce da Roça produz o maior doce de abóbora com coco do país

aboboraA empresa Doce da Roça, de Poços de Caldas (MG), entra para o RankBrasil em 2015 por apresentar o maior doce de abóbora com coco do país. A peça mede 155 cm de diâmetro, 23,2 cm de altura e peso total de 551 kg.

No dia 8 de julho, o recorde foi registrado pelo representante do RankBrasil, Luciano Cadari na cidade mineira. Após conferir peso e medidas, ele oficializou o título brasileiro com a entrega do troféu de recordista aos responsáveis pela receita gigante.

O preparo do doce demorou 20 dias e foram utilizadas cinco toneladas de abóbora e mais 200 kg de coco in natura, com seis pessoas envolvidas, além de todo o trabalho de logística. “Foi um grande desafio chegar aos 551 kg, o que se tornou realidade devido a total colaboração das pessoas envolvidas: isso fez toda a diferença”, revela o proprietário da empresa, Gláucio Peron.

A ideia em fazer um doce de 500 kg nasceu com a especialidade da empresa em fazer doces mineiros 100% artesanais, redondos e com peças inéditas de 100 kg, 200 kg e até 300 kg. “Em 2004, ao visitar com a minha irmã uma feira do setor de alimentação, nos Estados Unidos, deparei-me com um queijo branco enorme, parecido com a cocada da nossa avó. Na mesma hora, falei para a Waleska, voltando ao Brasil vou produzir um doce gigante, do tamanho de uma roda de caminhão”, projetou Peron.

Ele conta que o doce de abóbora com coco é o carro chefe da empresa, por isso a escolha do sabor para o desafio. A peça ficará em exposição no showroom da Doce da Roça por um tempo, pois se tornou um ponto turístico na cidade: “Os turistas e moradores aproveitam a oportunidade para tirar fotos”.

Sobre o recorde brasileiro, o empresário revela ter sido tão bom chegar aos 551 kg que sua equipe resolveu se superar com um produto cada vez maior todo ano. “Vamos ultrapassar nossos próprios limites nos impondo esse desafio que irá virar uma tradição na cidade, coincidindo com o início da temporada de inverno”, afirma.

Doce da Roça
Fundada em 2008, tornou-se especialista na elaboração de doces autenticamente mineiros em peças redondas e gigantes. Segundo Peron, a empresa mantém as receitas originais desenvolvidas pela família em sua propriedade em Minas Gerais. “Essa essência é reconstruída no local, na matéria-prima, no modo de fazer, no sabor e na forma de comercializar: Doce da Roça é o cheirinho, a história, o sabor e a lembrança de visitar a casa dos avós no interior”.

De acordo com ele, o formato gigante carrega a tradição e a memória da venda a granel, na qual o consumidor escolhe o corte e a quantidade, ou seja, o pedaço é único e exclusivo, conforme a preferência do freguês. “Uma prática que recria nos dias de hoje o modo de viver do povo mineiro”, destaca.

A empresa comercializa doces de corte e de pote, ambos com baixa adição de açúcar e ingredientes provenientes da agricultura familiar. Na linha de corte são oferecidos 10 sabores, entre abóbora com coco, goiabada cascão, manjar com ameixa e pingo de leite com amendoim. Na de pote são 16 sabores, como doce de leite com nozes, cocada com ameixa, ambrosia, figo em calda, cidra ralada, mamão ralado, laranja em calda, goiabada cascão de colher, entre outros.

Foto: RankBrasil

aboboraA empresa Doce da Roça, de Poços de Caldas (MG), entra para o RankBrasil em 2015 por apresentar o maior doce de abóbora com coco do país. A peça mede 155 cm de diâmetro, 23,2 cm de altura e peso total de 551 kg.

No dia 8 de julho, o recorde foi registrado pelo representante do RankBrasil, Luciano Cadari na cidade mineira. Após conferir peso e medidas, ele oficializou o título brasileiro com a entrega do troféu de recordista aos responsáveis pela receita gigante.

O preparo do doce demorou 20 dias e foram utilizadas cinco toneladas de abóbora e mais 200 kg de coco in natura, com seis pessoas envolvidas, além de todo o trabalho de logística. “Foi um grande desafio chegar aos 551 kg, o que se tornou realidade devido a total colaboração das pessoas envolvidas: isso fez toda a diferença”, revela o proprietário da empresa, Gláucio Peron.

A ideia em fazer um doce de 500 kg nasceu com a especialidade da empresa em fazer doces mineiros 100% artesanais, redondos e com peças inéditas de 100 kg, 200 kg e até 300 kg. “Em 2004, ao visitar com a minha irmã uma feira do setor de alimentação, nos Estados Unidos, deparei-me com um queijo branco enorme, parecido com a cocada da nossa avó. Na mesma hora, falei para a Waleska, voltando ao Brasil vou produzir um doce gigante, do tamanho de uma roda de caminhão”, projetou Peron.

Ele conta que o doce de abóbora com coco é o carro chefe da empresa, por isso a escolha do sabor para o desafio. A peça ficará em exposição no showroom da Doce da Roça por um tempo, pois se tornou um ponto turístico na cidade: “Os turistas e moradores aproveitam a oportunidade para tirar fotos”.

Sobre o recorde brasileiro, o empresário revela ter sido tão bom chegar aos 551 kg que sua equipe resolveu se superar com um produto cada vez maior todo ano. “Vamos ultrapassar nossos próprios limites nos impondo esse desafio que irá virar uma tradição na cidade, coincidindo com o início da temporada de inverno”, afirma.

Doce da Roça
Fundada em 2008, tornou-se especialista na elaboração de doces autenticamente mineiros em peças redondas e gigantes. Segundo Peron, a empresa mantém as receitas originais desenvolvidas pela família em sua propriedade em Minas Gerais. “Essa essência é reconstruída no local, na matéria-prima, no modo de fazer, no sabor e na forma de comercializar: Doce da Roça é o cheirinho, a história, o sabor e a lembrança de visitar a casa dos avós no interior”.

De acordo com ele, o formato gigante carrega a tradição e a memória da venda a granel, na qual o consumidor escolhe o corte e a quantidade, ou seja, o pedaço é único e exclusivo, conforme a preferência do freguês. “Uma prática que recria nos dias de hoje o modo de viver do povo mineiro”, destaca.

A empresa comercializa doces de corte e de pote, ambos com baixa adição de açúcar e ingredientes provenientes da agricultura familiar. Na linha de corte são oferecidos 10 sabores, entre abóbora com coco, goiabada cascão, manjar com ameixa e pingo de leite com amendoim. Na de pote são 16 sabores, como doce de leite com nozes, cocada com ameixa, ambrosia, figo em calda, cidra ralada, mamão ralado, laranja em calda, goiabada cascão de colher, entre outros.

Foto: RankBrasil