Açude Epitácio Pessoa chega ao menor nível das suas reservas hídricas desde janeiro deste ano

baixaA seca prolongada tem afetado à Paraíba, e o risco de um colapso no sistema de abastecimento de água é iminente. O açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, que é responsável pelo abastecimento hídrico de Campina Grande e de mais 18 municípios, e está agonizando e chega ao volume mais baixo este ano, segundo última aferição da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA).

Na ultima aferição realizada nesta quinta-feira (11) o manancial que tem capacidade máxima (m3) – 411.686.287 apresentou o volume total em (m3) de 66.070.408, ou seja, detém 16,0% do seu volume total. Foi o menor nível desde janeiro de 2015. No ultimo dia 04 de setembro o manancial que está perdendo um centímetro de água por dia, tinha 16,2% de sua total capacidade de armazenamento.

Por conta da queda no volume de água de Boqueirão, a Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (CAGEPA), já decidiu ampliar o racionamento em Campina Grande.

O pior nível de armazenado de água registrado no Açude Boqueirão foi no ano de 1999, quando o Estado vivenciou uma de suas maiores secas e o manancial chegou aos 14% de capacidade. Construído pelo o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS) há mais de 50 anos, o reservatório é gerido pela Agência Nacional das Águas (ANA) e (Dnocs) no âmbito do governo federal, e pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) e Cagepa, no governo estadual.

PBAgora

baixaA seca prolongada tem afetado à Paraíba, e o risco de um colapso no sistema de abastecimento de água é iminente. O açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, que é responsável pelo abastecimento hídrico de Campina Grande e de mais 18 municípios, e está agonizando e chega ao volume mais baixo este ano, segundo última aferição da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA).

Na ultima aferição realizada nesta quinta-feira (11) o manancial que tem capacidade máxima (m3) – 411.686.287 apresentou o volume total em (m3) de 66.070.408, ou seja, detém 16,0% do seu volume total. Foi o menor nível desde janeiro de 2015. No ultimo dia 04 de setembro o manancial que está perdendo um centímetro de água por dia, tinha 16,2% de sua total capacidade de armazenamento.

Por conta da queda no volume de água de Boqueirão, a Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (CAGEPA), já decidiu ampliar o racionamento em Campina Grande.

O pior nível de armazenado de água registrado no Açude Boqueirão foi no ano de 1999, quando o Estado vivenciou uma de suas maiores secas e o manancial chegou aos 14% de capacidade. Construído pelo o Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS) há mais de 50 anos, o reservatório é gerido pela Agência Nacional das Águas (ANA) e (Dnocs) no âmbito do governo federal, e pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) e Cagepa, no governo estadual.

PBAgora