Erick Jacquin direto do Masterchef para a coluna Bianca Ballotto

Queridos leitores, essa semana temos uma entrevista exclusiva com o jurado mais severo do Reality Show MasterChef , sim ele mesmo, o Erick Jacquin, aproveitem abaixo esta entrevista exclusiva, que está imperdível !

biaSet

Bianca Ballotto: Como está sendo para você participar da segunda temporada do MASTERCHEF?
Erick Jacquin: Para mim é um prazer continuar a ser jurado do Masterchef ! A experiência está sendo maravilhosa.
Bianca Ballotto: Nessa segunda temporada vocês comentaram que o nível dos participantes estava mais alto, você acha que esses que se inscreveram nesta temporada já sabiam o que vinha pela frente, com as avaliações rigorosas feitas por vocês da edição anterior?
Erick Jacquin: Na segunda temporada, os competidores já tem um ponto de referência e não vão repedir os mesmos erros da primeira temporada.

Bianca Ballotto: Como você lida com a sua enorme experiência culinária, avaliando cozinheiros sem nenhuma formação, apenas aventureiros na cozinha ?
Erick Jacquin: Eu sei muito bem que os competidores são amadores mas a minha exigência se torna muito maior quando estou no meu restaurante.

Bianca Ballotto: A responsabilidade de vocês, jurados, se torna maior com a cobrança das redes sociais, fãs que os participantes acabam adquirindo, acusando na maioria das vezes injustiças com as eliminações ? Vocês ficam balançados, acham que erraram ?
Erick Jacquin: Com certeza é muita responsabilidade de decidir quem vai sair e quem vai ficar! Minhas decisões são bem pensadas e Justas ! No final, quem decide é o meu paladar.

Bianca Ballotto: A sua aparência é de extremo rigor nas suas avaliações, e comentários, contrapartida, os comentários nas redes sociais é de extrema “fofura” como você lida com o aspecto de um jurado rigoroso, explosivo e “meigo” ao mesmo tempo ?
Erick Jacquin: Eu não tenho um personagem ! Eu sou assim mesmo! Eu sou rigoroso e exigente mas sei dar carinho também.

Erick Jacquin

Erick Jacquin

Bianca Ballotto: O MasterChef é pura pressão, pressão no trabalho culinário atrapalha ou ajuda?
Erick Jacquin: Na competição do Masterchef, para ser um bom competidor, precisa ser jogador, organizado, ter conhecimento em gastronomia, um pouco de sorte é o mais importante! Agradar os jurados! Pode ser que isso se chame PRESSÃO.

Bianca Ballotto: Como você Erick, lida com as críticas ?
Erick Jacquin: Criticar é muito fácil ! Eu pessoalmente pego as críticas como ajuda para ter mais força ainda!
Bianca Ballotto: Conta pra gente, quais são as dificuldades de manter um restaurante aqui no Brasil ?
Erick Jacquin: Eu não tenho mais restaurante aqui no Brasil. Sou apenas um consultor gastronômico atualmente.

Bianca Ballotto: Você nasceu em uma pequena cidade da França, porque resolveu vir para o Brasil ? Porque escolheu a nossa casa, como a sua nova casa ?
Erick Jacquin: Essa pergunta é uma longa história ! Vamos resumir: EU AMO O BRASIL!

Bianca Ballotto: Como você descobriu o seu gosto pela gastronomia ? E quem se tornou a sua inspiração ?
Erick Jacquin: Sempre eu quis ser cozinheiro e nunca imaginei fazer outra coisa. É uma coisa que não tem explicação.

Bianca Ballotto: Quais dicas você passaria para quem estuda gastronomia, ou para quem está pensando em seguir a carreira, apenas olhando o glamour do reality ?
Erick Jacquin: Para seguir nessa profissão, deve ter uma vocação e ter coragem, amor, dedicação e exigência para agradar a todos.

Quer ver algumas fotos e videos das entrevistas ?! Vocês encontram tudo isso no meu IG que é: @biaballottooficial segue lá !

Queridos leitores, essa semana temos uma entrevista exclusiva com o jurado mais severo do Reality Show MasterChef , sim ele mesmo, o Erick Jacquin, aproveitem abaixo esta entrevista exclusiva, que está imperdível !

biaSet

Bianca Ballotto: Como está sendo para você participar da segunda temporada do MASTERCHEF?
Erick Jacquin: Para mim é um prazer continuar a ser jurado do Masterchef ! A experiência está sendo maravilhosa.
Bianca Ballotto: Nessa segunda temporada vocês comentaram que o nível dos participantes estava mais alto, você acha que esses que se inscreveram nesta temporada já sabiam o que vinha pela frente, com as avaliações rigorosas feitas por vocês da edição anterior?
Erick Jacquin: Na segunda temporada, os competidores já tem um ponto de referência e não vão repedir os mesmos erros da primeira temporada.

Bianca Ballotto: Como você lida com a sua enorme experiência culinária, avaliando cozinheiros sem nenhuma formação, apenas aventureiros na cozinha ?
Erick Jacquin: Eu sei muito bem que os competidores são amadores mas a minha exigência se torna muito maior quando estou no meu restaurante.

Bianca Ballotto: A responsabilidade de vocês, jurados, se torna maior com a cobrança das redes sociais, fãs que os participantes acabam adquirindo, acusando na maioria das vezes injustiças com as eliminações ? Vocês ficam balançados, acham que erraram ?
Erick Jacquin: Com certeza é muita responsabilidade de decidir quem vai sair e quem vai ficar! Minhas decisões são bem pensadas e Justas ! No final, quem decide é o meu paladar.

Bianca Ballotto: A sua aparência é de extremo rigor nas suas avaliações, e comentários, contrapartida, os comentários nas redes sociais é de extrema “fofura” como você lida com o aspecto de um jurado rigoroso, explosivo e “meigo” ao mesmo tempo ?
Erick Jacquin: Eu não tenho um personagem ! Eu sou assim mesmo! Eu sou rigoroso e exigente mas sei dar carinho também.

Erick Jacquin

Erick Jacquin

Bianca Ballotto: O MasterChef é pura pressão, pressão no trabalho culinário atrapalha ou ajuda?
Erick Jacquin: Na competição do Masterchef, para ser um bom competidor, precisa ser jogador, organizado, ter conhecimento em gastronomia, um pouco de sorte é o mais importante! Agradar os jurados! Pode ser que isso se chame PRESSÃO.

Bianca Ballotto: Como você Erick, lida com as críticas ?
Erick Jacquin: Criticar é muito fácil ! Eu pessoalmente pego as críticas como ajuda para ter mais força ainda!
Bianca Ballotto: Conta pra gente, quais são as dificuldades de manter um restaurante aqui no Brasil ?
Erick Jacquin: Eu não tenho mais restaurante aqui no Brasil. Sou apenas um consultor gastronômico atualmente.

Bianca Ballotto: Você nasceu em uma pequena cidade da França, porque resolveu vir para o Brasil ? Porque escolheu a nossa casa, como a sua nova casa ?
Erick Jacquin: Essa pergunta é uma longa história ! Vamos resumir: EU AMO O BRASIL!

Bianca Ballotto: Como você descobriu o seu gosto pela gastronomia ? E quem se tornou a sua inspiração ?
Erick Jacquin: Sempre eu quis ser cozinheiro e nunca imaginei fazer outra coisa. É uma coisa que não tem explicação.

Bianca Ballotto: Quais dicas você passaria para quem estuda gastronomia, ou para quem está pensando em seguir a carreira, apenas olhando o glamour do reality ?
Erick Jacquin: Para seguir nessa profissão, deve ter uma vocação e ter coragem, amor, dedicação e exigência para agradar a todos.

Quer ver algumas fotos e videos das entrevistas ?! Vocês encontram tudo isso no meu IG que é: @biaballottooficial segue lá !