Suposta affair de chimbinha é convidada para o Calypso

vocalistaGina Lobrista foi convidada para substituir Joelma na banda Calypso, mas ainda não confirmou se vai aceitar a vaga. Isso porque a cantora tem sido bastante criticada nas redes sociais e acredita que este passo em sua carreira profissional possa prejudicar tudo o que construiu até agora.

“Não estou autorizada a falar nada sobre isso. Qualquer frase que tenha saído por aí não são minhas. A única coisa que posso dizer é que o convite é verdadeiro. Mas qualquer resposta minha sobre isso, não”, afirmou ao “Ego”.

Ferreirinha, assessor da artista, explicou sua postura: “Os fãs começaram a desgastar Gina no Facebook, no Instagram. Isso está atrapalhando o trabalho dela, que sobrevive da música. O volume de gente que está indo aos shows dela é mais para deturpar, chamando a Gina do que ela não é. A Gina passou o dia inteiro em casa chorando ontem”.

Além de não aceitarem uma nova vocalista no grupo, alguns fãs de Calypso têm apontado Gina como responsável pelo fim do casamento de Joelma e Chimbinha, por supostamente ter mantido um caso com o guitarrista.

“Eu posso te garantir que ela nunca teve nada com Chimbinha. Daqui a pouco não podemos mais trabalhar”, desabafou o representante. “Vamos fazer show em outro canto para sair do foco.”

Em tempo: Joelma anunciou recentemente que só ficará à frente da banda Calypso até dezembro deste ano, cumprindo a agenda de shows já contratados. A cantora decidiu seguir carreira solo após anunciar o fim de seu casamento com Chimbinha, em agosto.

Msn

Sem Chimbinha, Joelma faz show
O tão esperado reencontro da banda Calypso nos palcos previsto para acontecer em Sítio Novo, no Maranhão, não aconteceu. É que o guitarrista Chimbinha após conseguir na Justiça o direito de voltar a tocar na banda não apareceu.

Por volta de 1h30 deste domingo (27), a vocalista Joelma subiu ao palco sem a presença do ex-marido para cantar para um público de aproximadamente oito mil pessoas, segundo a organização do evento. Pela quinta vez, desde que anunciou a separação com Chimbinha, Joelma voltou a tocar com o guitarrista pernambucano Ian Marinho. A assessoria da banda Calypso chegou a anunciar antes da apresentação da banda que Joelma e Chimbinha teriam viajado separados até o interior do Maranhão, mas após a apresentação ninguém quis falar sobre a ausência do guitarrista.

Durante o show, que durou uma hora e quarenta minutos, o público formado por caravanas de Imperatriz, Belém e São Luís pretigiou as canções do Calypso interpretadas por Joelma. Dentre os muitos sucessos tocados ao longo dos anos, destaque para as músicas “Cavalo Manco”, “Acelerou” e “A Lua Me Traiu”, que foi cantada em coro.

Para o público que foi assistir ao show, a ausência de Chimbinha parece não ter sido notada em virtude da empolgação passada por Joelma. Pelo menos foi o caso do estudante Antônio Luis Viana, que saiu de Teresina apenas para ouvir a voz da cantora. Ele que é fã há oito anos, diz que faz tudo por amor a Joelma. “É amor pela Joelma, o amor pela banda. Sou fã há oito anos e sempre que posso vou aos shows da banda”.

Sobre Chimbinha, o estudante demonstrou chateação por ele não ter comparecido a apresentação. Ele acrescenta que mesmo sendo muito fã do trabalho de Joelma, ele tem a consciência de que a banda não é apenas ela no vocal. “A gente sempre espera que ele venha, porque a banda não é só ela. São os dois. A gente fica meio que chateado, mas a gente tenta entender esse momento deles. Estamos torcendo para que eles se resolvem e voltem a se apresentarem juntos, mas se isso não acontecer, estaremos sempre com a Joelma, e vamos estar com ela em sua carreira solo”, afirmou.

O jornalista Mateus Freire, de Belém, também foi ao show como fã. Junto com uma caravana de 23 pessoas, ele conta que a viagem valeu a pena. “Foi uma viagem muito bacana e cheia de aventuras, inclusive a gente se perdeu na estrada. A gente vai em shows no Brasil inteiro, atrás da loira”, relatou. Sobre a polêmica, Mateus disse que os fãs não esperavam pelo rompimento dos músicos e lamenta a fase deles. “A gente não esperava. Somos pegos de surpresa, então isso marca muito. A gente lamenta e torce muito para que o casal se reconcilie. E estamos aqui por amor a Joelma”.

Joelma ficou hospedada em um hotel em Imperatriz, cidade que fica uma hora e meia de Sítio Novo. Após o show, ela retornou ao hotel sem dar declarações à imprensa. Um integrante da produção, que não quis se identificar, disse que a banda que toca ao lado de Joelma irá continuar com a cantora em sua carreira solo.

G1

vocalistaGina Lobrista foi convidada para substituir Joelma na banda Calypso, mas ainda não confirmou se vai aceitar a vaga. Isso porque a cantora tem sido bastante criticada nas redes sociais e acredita que este passo em sua carreira profissional possa prejudicar tudo o que construiu até agora.

“Não estou autorizada a falar nada sobre isso. Qualquer frase que tenha saído por aí não são minhas. A única coisa que posso dizer é que o convite é verdadeiro. Mas qualquer resposta minha sobre isso, não”, afirmou ao “Ego”.

Ferreirinha, assessor da artista, explicou sua postura: “Os fãs começaram a desgastar Gina no Facebook, no Instagram. Isso está atrapalhando o trabalho dela, que sobrevive da música. O volume de gente que está indo aos shows dela é mais para deturpar, chamando a Gina do que ela não é. A Gina passou o dia inteiro em casa chorando ontem”.

Além de não aceitarem uma nova vocalista no grupo, alguns fãs de Calypso têm apontado Gina como responsável pelo fim do casamento de Joelma e Chimbinha, por supostamente ter mantido um caso com o guitarrista.

“Eu posso te garantir que ela nunca teve nada com Chimbinha. Daqui a pouco não podemos mais trabalhar”, desabafou o representante. “Vamos fazer show em outro canto para sair do foco.”

Em tempo: Joelma anunciou recentemente que só ficará à frente da banda Calypso até dezembro deste ano, cumprindo a agenda de shows já contratados. A cantora decidiu seguir carreira solo após anunciar o fim de seu casamento com Chimbinha, em agosto.

Msn

Sem Chimbinha, Joelma faz show
O tão esperado reencontro da banda Calypso nos palcos previsto para acontecer em Sítio Novo, no Maranhão, não aconteceu. É que o guitarrista Chimbinha após conseguir na Justiça o direito de voltar a tocar na banda não apareceu.

Por volta de 1h30 deste domingo (27), a vocalista Joelma subiu ao palco sem a presença do ex-marido para cantar para um público de aproximadamente oito mil pessoas, segundo a organização do evento. Pela quinta vez, desde que anunciou a separação com Chimbinha, Joelma voltou a tocar com o guitarrista pernambucano Ian Marinho. A assessoria da banda Calypso chegou a anunciar antes da apresentação da banda que Joelma e Chimbinha teriam viajado separados até o interior do Maranhão, mas após a apresentação ninguém quis falar sobre a ausência do guitarrista.

Durante o show, que durou uma hora e quarenta minutos, o público formado por caravanas de Imperatriz, Belém e São Luís pretigiou as canções do Calypso interpretadas por Joelma. Dentre os muitos sucessos tocados ao longo dos anos, destaque para as músicas “Cavalo Manco”, “Acelerou” e “A Lua Me Traiu”, que foi cantada em coro.

Para o público que foi assistir ao show, a ausência de Chimbinha parece não ter sido notada em virtude da empolgação passada por Joelma. Pelo menos foi o caso do estudante Antônio Luis Viana, que saiu de Teresina apenas para ouvir a voz da cantora. Ele que é fã há oito anos, diz que faz tudo por amor a Joelma. “É amor pela Joelma, o amor pela banda. Sou fã há oito anos e sempre que posso vou aos shows da banda”.

Sobre Chimbinha, o estudante demonstrou chateação por ele não ter comparecido a apresentação. Ele acrescenta que mesmo sendo muito fã do trabalho de Joelma, ele tem a consciência de que a banda não é apenas ela no vocal. “A gente sempre espera que ele venha, porque a banda não é só ela. São os dois. A gente fica meio que chateado, mas a gente tenta entender esse momento deles. Estamos torcendo para que eles se resolvem e voltem a se apresentarem juntos, mas se isso não acontecer, estaremos sempre com a Joelma, e vamos estar com ela em sua carreira solo”, afirmou.

O jornalista Mateus Freire, de Belém, também foi ao show como fã. Junto com uma caravana de 23 pessoas, ele conta que a viagem valeu a pena. “Foi uma viagem muito bacana e cheia de aventuras, inclusive a gente se perdeu na estrada. A gente vai em shows no Brasil inteiro, atrás da loira”, relatou. Sobre a polêmica, Mateus disse que os fãs não esperavam pelo rompimento dos músicos e lamenta a fase deles. “A gente não esperava. Somos pegos de surpresa, então isso marca muito. A gente lamenta e torce muito para que o casal se reconcilie. E estamos aqui por amor a Joelma”.

Joelma ficou hospedada em um hotel em Imperatriz, cidade que fica uma hora e meia de Sítio Novo. Após o show, ela retornou ao hotel sem dar declarações à imprensa. Um integrante da produção, que não quis se identificar, disse que a banda que toca ao lado de Joelma irá continuar com a cantora em sua carreira solo.

G1