Mãe reencontra filhos em BH após quase 40 anos de separação

reencontroCom muitos abraços, uma família separada por quase quatro décadas celebrou o reencontro, realizado nesta segunda-feira (5), em Belo Horizonte. Matilde Ferreira dos Santos se afastou dos filhos Jesse, Jerusa e Jacira dos Santos Silva, depois de uma briga com o ex-marido nos anos 1970. Em todo esse tempo, ela não conseguiu localizá-los e não imaginava poder abraçá-los novamente.

Atualmente morando em Itabuna, na Bahia, ela foi recebida pelos filhos e pelos netos. “O reencontro foi lindo porque eu pensei que eram três pessoas, mas, felizmente, foi um batalhão, um batalhão glorioso. Agradeço a Deus por ter esse batalhão, essa família linda”, disse.

Para conseguir localizar os filhos, Matilde contou com ajuda de um parente, que procurou a Polícia Civil mineira. Aos revê-los, ela pediu perdão pelos anos de separação.

Para Jesse, que faz aniversário neste mês, o reencontro foi um presente. “A vida nossa é muito passageira e Deus, pela misericórdia dele, nos deu, nos presenteou com esse momento. E eu faço aniversário esse mês e ele me deu um presente em dobro”, ressaltou.

E, para esta família, o reencontro também foi momento de redescoberta. Tanto tempo longe fez com que Matilde tivesse dificuldades em diferenciar uma filha da outra, já que ambas eram muito pequenas quando houve a separação. Mas, depois das reapresentações, só houve espaço para comemoração.

“Família é o bem mais precioso que há nessa terra. Então, reencontrar, restaurar a família é muito bom”, afirmou Jerusa.
G1

reencontroCom muitos abraços, uma família separada por quase quatro décadas celebrou o reencontro, realizado nesta segunda-feira (5), em Belo Horizonte. Matilde Ferreira dos Santos se afastou dos filhos Jesse, Jerusa e Jacira dos Santos Silva, depois de uma briga com o ex-marido nos anos 1970. Em todo esse tempo, ela não conseguiu localizá-los e não imaginava poder abraçá-los novamente.

Atualmente morando em Itabuna, na Bahia, ela foi recebida pelos filhos e pelos netos. “O reencontro foi lindo porque eu pensei que eram três pessoas, mas, felizmente, foi um batalhão, um batalhão glorioso. Agradeço a Deus por ter esse batalhão, essa família linda”, disse.

Para conseguir localizar os filhos, Matilde contou com ajuda de um parente, que procurou a Polícia Civil mineira. Aos revê-los, ela pediu perdão pelos anos de separação.

Para Jesse, que faz aniversário neste mês, o reencontro foi um presente. “A vida nossa é muito passageira e Deus, pela misericórdia dele, nos deu, nos presenteou com esse momento. E eu faço aniversário esse mês e ele me deu um presente em dobro”, ressaltou.

E, para esta família, o reencontro também foi momento de redescoberta. Tanto tempo longe fez com que Matilde tivesse dificuldades em diferenciar uma filha da outra, já que ambas eram muito pequenas quando houve a separação. Mas, depois das reapresentações, só houve espaço para comemoração.

“Família é o bem mais precioso que há nessa terra. Então, reencontrar, restaurar a família é muito bom”, afirmou Jerusa.
G1