Com gol de Hulk, Zenit segue 100% na Liga dos Campeões

ligaSe a situação do Zenit para faturar o Campeonato Russo não está simples – dez pontos separam o time, o terceiro da Premiere League russa, do líder CSKA –, a equipe de São Petesburgo segue com 100% de aproveitamento na Liga dos Campeões. A vítima desta terça-feira, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo H, foi o Lyon, derrotado por 3 a 1, no Estádio Petrovskiy. Hulk, com um golaço e participação decisiva no terceiro, foi o destaque do jogo.
Com o novo triunfo na Champions, o Zenit chegou aos nove pontos e manteve a liderança isolada da chave. Agora, o time de Hulk, Danny & Cia. visitará o Lyon na próxima rodada. O jogo será em 4 de novembro, no Stade de Gerland. Lyon, que teve boa atuação na Rússia, mas segue com apenas um gol e em quarto lugar na chave.
Gol logo no começo do jogo com o Zenit atuando diante da sua torcida. O desejo do técnico português André Villas-Boas se concretizou logo aos três minutos. Falha da marcação do Lyon, jogada de Shatov e passe para Dzyuba, que, como bom centroavante, fez o que dele se esperava: finalizou na saída do goleiro Lopes e fez Zenit 1 a 0. Oportunidades para chegar ao segundo gol vieram. Dzyuba escorregou quando ficou em ótima condição para ampliar após passe de Hulk e o próprio brasileiro não teria sucesso em suas tradicionais finalizações com força.
O Lyon, por sua vez, conseguiu se recuperar logo após o gol, mas não conseguiu ser objetivo como o rival. O brasileiro Rafael, ex-Manchester United, foi escalado como ponta direita e não conseguiu render o esperado em um primeiro momento. A melhor chance veio com uma finalização do zagueiro Yanga-Mbiwa. Valbuena, pouco inspirado, não fez a diferença.

LYON EMPATE, MAS HULK RESOLVE PARA O ZENIT
Se faltou objetividade ao Lyon na primeira etapa, o time francês chegou ao empate logo aos dois minutos do segundo tempo. Lançamento de Valbuena, cruzamento de Jallet e finalização de letra de Lacazette, o artilheiro do último Campeonato Francês. Um belo gol em São Petesburgo. Prenúncio da virada do Lyon? Nada disso. A equipe francesa seguiu melhor, mas quem marcou foi o Zenit. O Zenit de Hulk. Um dos artilheiros do Campeonato Russo com seis gols, ele chamou a responsabilidade para si e, ao seu melhor estilo, finalizou de fora da área sem chance para Lopes, aos 11. Golaço. Terceiro dele na Liga.
Ao mesmo tempo em que o Zenit desperdiçava chances com o grandalhão Dzyuba, que seria substituído após levar Villas-Boas à loucura, o Lyon foi ganhando campo e pressionando o time da casa. Oportunidades de empate surgiram com Lacazzete e Umiti, mas faltou capacidade de finalização. E o Lyon pagaria caro por isso. O Zenit trabalhava por um contra-ataque. E ele veio aos 37. Jogada iniciada por Hulk, passe de Shatov e finalização de Danny. O Lyon, apesar de ter tido boa atuação, não foi objetivo. E não tinha Hulk em seu time.
Derrotado pelo Zenit na primeira rodada, o Valencia segue firme na vice-liderança da chave, agora com seis pontos. Sem a facilidade esperada, o time espanhol derrotou o Gent, da Bélgica, por 2 a 1, atuando diante do seu torcedor, no Mestella.
O argelino Feghouli abriu o placar aos 15 minutos de jogo, mas o time belga chegou ao empate com Foket, aos 40. Mina tentou, com uma bicicleta interceptar o cruzamento, mas não teve sucesso. O gol do triunfo veio aos 27 do segundo tempo. E foi contra, marcado por Mitrović. O Gent segue com apenas um ponto e em terceiro no Grupo H.
Lance

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial