Categoria realizará I Feira das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande – PB neste domingo

domesticasA Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande e o Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Domésticos de Campina Grande – SINTRAD, realizarão no próximo domingo, 25 de outubro, das 8h às 12h, a I Feira das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande. O evento acontecerá na Casa da Cidadania, localizada às margens do Açude Velho, na Avenida Dr. Severino Cruz, nº 570, Centro e tem como objetivo oferecer serviços à categoria, promover mais um espaço de interação entre as trabalhadoras e divulgar o trabalho da Associação das Domésticas e do Sintrad, fundado em novembro de 2014.

A feira contará com serviços de saúde, exibição do vídeo “Trabalhadoras Domésticas em Movimento”, emissão de documentos e orientações acerca dos direitos trabalhistas, de temas como a violência contra a mulher e distribuição de materiais educativos. Além destes serviços, na ocasião haverá ainda um brechó beneficente em prol das entidades da categoria na cidade. Diferente de outros sindicatos de trabalhadores, os sindicatos de trabalhadoras domésticas ainda não dispõem da contribuição sindical e funcionam apenas com trabalho voluntário das trabalhadoras e apoio de organizações parceiras.

De acordo com a diretoria do Sintrad e da Associação, a atividade está voltada para trabalhadoras domésticas, que inclui babás, cuidadoras de idosos, diaristas e lavadeiras de roupa, entre outros, que estejam atualmente empregadas ou não, mas a entrada é franca e aberta a qualquer pessoa interessada que queira se informar e colaborar com a categoria.

São parceiros da Associação das Domésticas e do Sintrad-CG na realização da Feira: o Centro de Ação Cultural – CENTRAC, o Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, o mandato da Deputada Estela Bezerra (PSB-PB), e o Governo do Estado da Paraíba por meio das secretarias da Mulher e da Diversidade Humana – SMDH, da Saúde, do Desenvolvimento Humano – SEDH e da Casa da Cidadania de Campina Grande. A iniciativa conta com o apoio financeiro da Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE e co-financiamento da União Europeia.

domesticasA Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande e o Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Domésticos de Campina Grande – SINTRAD, realizarão no próximo domingo, 25 de outubro, das 8h às 12h, a I Feira das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande. O evento acontecerá na Casa da Cidadania, localizada às margens do Açude Velho, na Avenida Dr. Severino Cruz, nº 570, Centro e tem como objetivo oferecer serviços à categoria, promover mais um espaço de interação entre as trabalhadoras e divulgar o trabalho da Associação das Domésticas e do Sintrad, fundado em novembro de 2014.

A feira contará com serviços de saúde, exibição do vídeo “Trabalhadoras Domésticas em Movimento”, emissão de documentos e orientações acerca dos direitos trabalhistas, de temas como a violência contra a mulher e distribuição de materiais educativos. Além destes serviços, na ocasião haverá ainda um brechó beneficente em prol das entidades da categoria na cidade. Diferente de outros sindicatos de trabalhadores, os sindicatos de trabalhadoras domésticas ainda não dispõem da contribuição sindical e funcionam apenas com trabalho voluntário das trabalhadoras e apoio de organizações parceiras.

De acordo com a diretoria do Sintrad e da Associação, a atividade está voltada para trabalhadoras domésticas, que inclui babás, cuidadoras de idosos, diaristas e lavadeiras de roupa, entre outros, que estejam atualmente empregadas ou não, mas a entrada é franca e aberta a qualquer pessoa interessada que queira se informar e colaborar com a categoria.

São parceiros da Associação das Domésticas e do Sintrad-CG na realização da Feira: o Centro de Ação Cultural – CENTRAC, o Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, o mandato da Deputada Estela Bezerra (PSB-PB), e o Governo do Estado da Paraíba por meio das secretarias da Mulher e da Diversidade Humana – SMDH, da Saúde, do Desenvolvimento Humano – SEDH e da Casa da Cidadania de Campina Grande. A iniciativa conta com o apoio financeiro da Coordenadoria Ecumênica de Serviço – CESE e co-financiamento da União Europeia.