Fortes chuvas devem atingir México após furacão perder força

chuvasO furacão Patricia, que perdeu força em menos de 24 horas até virar tempestade tropical, ocasionará fortes chuvas e ventos no nordeste e ocidente do México, informou neste sábado (24) o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).
“Localizada entre os estados de Coahuila e Nuevo León, manterá ainda chuvas muito fortes a pontualmente intensas no nordeste e ocidente do país, assim como rajadas de vento superior a 50 km/h (km/h) no nordeste do país”, detalhou o SMN em boletim.
Patricia avança atualmente a 35 km/h rumo ao nordeste e está a 45 quilômetros ao leste-sudeste de Saltillo, no estado de Coahuila, e a 70 quilômetros ao sudoeste de Monterrey, em Nuevo León.
A tempestade registra ventos sustentados de 45 km/h e sequências de 65 k/h. “Sua circulação favorecerá potencial de chuvas intensas nos estados de Coahuila, Nuevo León e Tamaulipas; muito fortes em Sinaloa, Nayari, Jalisco, Michoacán, Colima, Durango, Zacatecas, Aguascalientes, Guanajuato e San Luis Potosí; e chuvas fortes em Chihuahua e Querétaro”, indicou o Meteorológico.
O SMN recomendou à população que tome precauções “por chuvas e vento” nos estados mencionados e pediu que atenda as recomendações emitidas pelas autoridades do Sistema Nacional de Defesa Civil em cada entidade.
G1

chuvasO furacão Patricia, que perdeu força em menos de 24 horas até virar tempestade tropical, ocasionará fortes chuvas e ventos no nordeste e ocidente do México, informou neste sábado (24) o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).
“Localizada entre os estados de Coahuila e Nuevo León, manterá ainda chuvas muito fortes a pontualmente intensas no nordeste e ocidente do país, assim como rajadas de vento superior a 50 km/h (km/h) no nordeste do país”, detalhou o SMN em boletim.
Patricia avança atualmente a 35 km/h rumo ao nordeste e está a 45 quilômetros ao leste-sudeste de Saltillo, no estado de Coahuila, e a 70 quilômetros ao sudoeste de Monterrey, em Nuevo León.
A tempestade registra ventos sustentados de 45 km/h e sequências de 65 k/h. “Sua circulação favorecerá potencial de chuvas intensas nos estados de Coahuila, Nuevo León e Tamaulipas; muito fortes em Sinaloa, Nayari, Jalisco, Michoacán, Colima, Durango, Zacatecas, Aguascalientes, Guanajuato e San Luis Potosí; e chuvas fortes em Chihuahua e Querétaro”, indicou o Meteorológico.
O SMN recomendou à população que tome precauções “por chuvas e vento” nos estados mencionados e pediu que atenda as recomendações emitidas pelas autoridades do Sistema Nacional de Defesa Civil em cada entidade.
G1