‘Espelhos’ se apresenta em Puxinanã com financiamento do FIC

espelhosO projeto ‘O que existe por trás do espelho?, financiado pelo FIC – Fundo de Incentivo a Cultura Augusto dos Anjos, vai levar o espetáculo ‘Espelhos’ para a cidade de Puxinanã, no próximo sábado, dia 31 de outubro.

Fruto de ensaios e experimentações, “Espelhos” traz uma reflexão sobre o fazer teatral, a partir das experiências, desejos e questionamentos dos próprios membros do grupo, que buscaram assim desenvolver uma dramaturgia própria. Os atores são eles mesmos, atores num processo de montagem/ensaio, e são outros que aparecem e desaparecem no decorrer do espetáculo.

“Espelhos” é o primeiro espetáculo fruto do MASKE – Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral – fundado em Campina Grande, em 2012. O espetáculo trabalha com a narração e a interpretação, o mostrar e o contar são mesclados o tempo inteiro em cena, e como se trata de um espetáculo que fala de teatro, são utilizados tipos que podemos encontrar no meio teatral, bem como na vida de uma forma geral, assim temos a grande DIVA do teatro, O GRANDE ATOR, A QUE SONHA tornar-se uma grande atriz, O QUE BUSCA a experiência teatral, AQUELE QUE NÃO SABE ainda o que faz neste meio, o QUESTIONADOR que está em permanente provocação de reflexões sobre o fazer teatro, e o DIRETOR.
Todos esses tipos se mesclam também a personagens, como o pai que questiona a escolha do filho em prestar vestibular para Artes Cênicas, o jogo com máscaras inspirado nos tipos da Comédia Dell’art, além do jogo com as energias da queixa e do samurai, exercícios de trabalho teatral ligados a Antropologia Teatral proposta por Eugênio Barba.

espelhos2Os atores em cena expressam seus anseios, seus desejos, alegrias e frustrações de uma maneira poética utilizando do teatro para falar de si mesmo e do próprio teatro, questionando suas formas e técnicas, utilizando assim a metalinguagem.

A apresentação do espetáculo acontece ás 19h no Espaço Puxinarte, na cidade de Puxinanã. Além da apresentação de ‘Espelhos’, o projeto também promove uma oficina de teatro intitulada ‘O corpo em Cena’, que tem início às 9h, no mesmo local. Ambas as atividades tem entrada gratuita.

O elenco do espetáculo é formado por Claudivam Barbosa, Gedeão Ferreira, Irene Ponciano, Renata Motta, Rodrigo Yankovic e Samantha Pimentel, a sonoplastia é de Kleriston Vital, iluminação de Napoleão Gutemberg, figurinos de Claudivam Barbosa e Jefferson Souza, fotografia de Marcos Moraes, assessoria de imprensa de Samantha Pimentel e encenação de Claudivam Barbosa.

Mais informações sobre o projeto e sobre o grupo podem ser obtidas no blog do MASKE, http://grupomaske.blogspot.com.br/

Sobre o Maske

O MASKE ‐ Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral surgiu em 2012 através do ator Claudivam Barbosa, que buscando experimentar e por em prática algumas ideias que alimentava a algum tempo, resolve reunir um grupo de amigos e enveredar pelo trabalho de encenador.

A partir de experimentações em sala de ensaio surge a ideia e o embrião do primeiro espetáculo do grupo, ‘Espelhos’ uma reflexão sobre o próprio fazer teatral e a relação e histórias dos atores com o teatro. Uma primeira esquete deste espetáculo é apresentada no Overdoze, evento promovido pelo Sesc em Campina Grande no final do ano de 2012. No ano seguinte, em dezembro de 2013, após algumas mudanças nos integrantes do grupo, o MASKE estréia Espelhos no Teatro do Sesc Centro, e no ano de 2014 o espetáculo continua a ser apresentado em diversos locais e eventos da cidade.

espelhosO projeto ‘O que existe por trás do espelho?, financiado pelo FIC – Fundo de Incentivo a Cultura Augusto dos Anjos, vai levar o espetáculo ‘Espelhos’ para a cidade de Puxinanã, no próximo sábado, dia 31 de outubro.

Fruto de ensaios e experimentações, “Espelhos” traz uma reflexão sobre o fazer teatral, a partir das experiências, desejos e questionamentos dos próprios membros do grupo, que buscaram assim desenvolver uma dramaturgia própria. Os atores são eles mesmos, atores num processo de montagem/ensaio, e são outros que aparecem e desaparecem no decorrer do espetáculo.

“Espelhos” é o primeiro espetáculo fruto do MASKE – Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral – fundado em Campina Grande, em 2012. O espetáculo trabalha com a narração e a interpretação, o mostrar e o contar são mesclados o tempo inteiro em cena, e como se trata de um espetáculo que fala de teatro, são utilizados tipos que podemos encontrar no meio teatral, bem como na vida de uma forma geral, assim temos a grande DIVA do teatro, O GRANDE ATOR, A QUE SONHA tornar-se uma grande atriz, O QUE BUSCA a experiência teatral, AQUELE QUE NÃO SABE ainda o que faz neste meio, o QUESTIONADOR que está em permanente provocação de reflexões sobre o fazer teatro, e o DIRETOR.
Todos esses tipos se mesclam também a personagens, como o pai que questiona a escolha do filho em prestar vestibular para Artes Cênicas, o jogo com máscaras inspirado nos tipos da Comédia Dell’art, além do jogo com as energias da queixa e do samurai, exercícios de trabalho teatral ligados a Antropologia Teatral proposta por Eugênio Barba.

espelhos2Os atores em cena expressam seus anseios, seus desejos, alegrias e frustrações de uma maneira poética utilizando do teatro para falar de si mesmo e do próprio teatro, questionando suas formas e técnicas, utilizando assim a metalinguagem.

A apresentação do espetáculo acontece ás 19h no Espaço Puxinarte, na cidade de Puxinanã. Além da apresentação de ‘Espelhos’, o projeto também promove uma oficina de teatro intitulada ‘O corpo em Cena’, que tem início às 9h, no mesmo local. Ambas as atividades tem entrada gratuita.

O elenco do espetáculo é formado por Claudivam Barbosa, Gedeão Ferreira, Irene Ponciano, Renata Motta, Rodrigo Yankovic e Samantha Pimentel, a sonoplastia é de Kleriston Vital, iluminação de Napoleão Gutemberg, figurinos de Claudivam Barbosa e Jefferson Souza, fotografia de Marcos Moraes, assessoria de imprensa de Samantha Pimentel e encenação de Claudivam Barbosa.

Mais informações sobre o projeto e sobre o grupo podem ser obtidas no blog do MASKE, http://grupomaske.blogspot.com.br/

Sobre o Maske

O MASKE ‐ Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral surgiu em 2012 através do ator Claudivam Barbosa, que buscando experimentar e por em prática algumas ideias que alimentava a algum tempo, resolve reunir um grupo de amigos e enveredar pelo trabalho de encenador.

A partir de experimentações em sala de ensaio surge a ideia e o embrião do primeiro espetáculo do grupo, ‘Espelhos’ uma reflexão sobre o próprio fazer teatral e a relação e histórias dos atores com o teatro. Uma primeira esquete deste espetáculo é apresentada no Overdoze, evento promovido pelo Sesc em Campina Grande no final do ano de 2012. No ano seguinte, em dezembro de 2013, após algumas mudanças nos integrantes do grupo, o MASKE estréia Espelhos no Teatro do Sesc Centro, e no ano de 2014 o espetáculo continua a ser apresentado em diversos locais e eventos da cidade.