Patrocinador ameaça cortar laços com Fifa se não for convencido por reforma

A administradora de cartões Visa pronunciou-se oficialmente nesta quarta-feira ameaçando cortar laços com a Fifa se não estiver satisfeita com as reformas que deverão ocorrer na entidade máxima do futebol.
Segundo a agência de notícias Associated Press, a vice-presidente Ellen Richey esteve reunida com representantes do McDonald’s, Coca-Cola e Budweiser, outros patrocinadores da Fifa, em uma audiência parlamentar na Inglaterra. Ela quer ver um processo de reforma mais independente:

– Se nós não estivermos satisfeitos neste respeito iremos avaliar o nosso patrocínio – disse Richey.

No início do mês, a Visa já havia se manifestado – juntamente com McDonald’s, Coca-Cola e Budweiser – pedindo a saída imediata do presidente Joseph Blatter do comando da entidade. O contrato entre Visa e Fifa vai até o fim de 2022.
Globoesporte

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial