Futuro do Treze será decidido nesta terça em histórica eleição

futuro13O futuro do Treze começará a ser definido nesta terça-feira (03). Em uma eleição já considerada histórica, os 102 conselheiros do clube vão escolher o novo presidente que conduzirá os destinos do alvinegro por um ano. Na verdade, se trata de um “mandato tampão”, para substituir o ex-presidente Carlos Bebeto Silva, mais conhecido como Bebeto do Gesso.

Olavo Rodrigues e Petrônio Gadelha prometem protagonizar uma das eleições mais acirradas dos últimos anos no Treze Futebol Clube. Os dois ex-presidentes vão disputar os votos de 79 conselheiros vitalícios e também dos 23 ex-presidentes do clube, que acabam se tornando o que no Alvinegro se denomina de conselheiro nato.

Só que, apesar do total de 102 votantes, a comissão eleitoral, que tem à frente o presidente interino Renato Castro, teve que analisar a situação de todos os conselheiros. Isso porque só aqueles que estiverem totalmente em dia com suas obrigações financeiras com o clube vão poder exercer o poder de voto nesta terça-feira. A lista oficial dos votantes só vai ser divulgada pouco depois das 11h, duas horas antes do início do pleito.

Petrônio e Olavo, são ambos ex-presidentes que já deram títulos ao Galo. Olavo levou o Alvinegro ao título de campeão paraibano de 2000. Alguns anos depois, Petrônio levou o Galo ao bicampeonato paraibano de 2005 e 2006 e à campanha história da Copa do Brasil de 2005, quando o clube chegou às quartas de final da competição nacional.

Primeiro candidato a registrar chapa, o sociólogo Olavo Rodrigues de Brito, de 57 anos, é funcionário da Prefeitura de Campina Grande (PMCG) e já foi presidente do Treze. Seu candidato a vice é o vereador Sagento Régis.

Já o engenheiro Petrônio Gadelha, de 65 anos, apoiado por pelo menos cinco ex-presidentes, dentre os quais o vice de sua chapa, Paulo Sérgio Gayoso, confirmou sua candidatura faltando poucos minutos para o fim do prazo legal. Aliado do ex-mandatário Fábio Azevêdo (2011-2012), principal porta-voz do grupo, Petrônio tem dois títulos com o Galo, o bicampeonato de 2005 e 2006.

As eleições do Treze estão programadas para começar às 13h e vão até às 18h. Podem votar todos os conselheiros do Galo que estejam em dia com as mensalidades de sócios e o voto será secreto. A apuração das eleições acontece após o fim da votação e ainda nesta terça-feira será descoberto quem será o presidente do Galo até o final do ano que vem.

Em dezembro do próximo ano, o Alvinegro passará por novo processo eleitoral. O vencedor também se juntará ao grupo de outros cinco ex-dirigentes os quais sentaram na cadeira de presidente mais de uma vez e em mandatos diferentes: Antônio Cabral (1939-1940, 1943-1944 e 1951), Otacílio Timóteo de Souza (1947-1949 e 1953-1954), Almiro Cavalcante (1976 e 1989-1990), Mariano Torreão Vilarim (1979 e 1991) e Francisco da Costa Chaves (1980 e 1983-1984).

O próximo presidente do Treze vai ter o desafio de iniciar o planejamento para a única disputa que o time está garantido na próxima temporada. O Galo disputará apenas o Campeonato Paraibano no primeiro semestre, e precisará conquistar o título para ter direito a vaga na Série D no segundo semestre.

PBAgora

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial