Com show de Neymar, Barcelona goleia Real e dispara na liderança do Espanhol

O Barcelona foi a Madri nesse sábado (21) e transformou o clássico com o Real Madrid em jogo de um time só. Comandado por Neymar, não se intimidou por jogar fora de casa, e deu um passeio no adversário, fazendo 4 x 0 e disparando na liderança do campeonato, ao chegar aos 30 pontos, seis à frente do Real. O jogo teve forte esquema de segurança, em razão dos últimos atentados em Paris.
Neymar fez um gol, deu uma linda assistência, de letra, para Iniesta marcar o terceiro e deu trabalho o tempo inteiro para seus marcadores, principalmente Danilo, seu ex-companheiro de Santos. Mas como um todo, o Barça foi muito bem. Movimentou-se com sincronia, avançando e se defendendo em bloco e envolveu completamente o time de Cristiano Ronaldo.
Logo aos 10 minutos do primeiro tempo, Suárez recebeu de Sergi Roberto, dentro da área e fez 1 x 0. O uruguaio depois diminuiu o ritmo, para voltar a marcar aos 28 do segundo tempo, quando Messi já havia entrado, após quase dois meses ausente.
Neymar fez o segundo, em arrancada pela esquerda, ainda no primeiro tempo. O Real não se encontrava. Dava espaços para o adversário e não sabia se desvencilhar da marcação. Quase não criou jogadas.
O Real foi para cima no segundo tempo e se complicou, porque deu espaço para os contra-ataques do Barcelona, comandados por Iniesta, que também fez grande partida, marcou o terceiro e saiu aos 29 da etapa final. Dessa maneira, após algumas chances desperdiçadas pelo Real, Suárez fez o quarto.
Só pela presença, Messi já segurou alguns marcadores do Real e, mesmo sem ritmo, quase fez um gol de dentro da grande área, após receber bela assistência de Neymar. Com o resultado vexatório, o Real partiu para cima em busca do gol de honra. Mas o Barcelona continuou bem distribuído e, com velocidade, não deu trégua ao adversário.
Um dos fatores negativos do jogo foi a violência de alguns jogadores do Real, que desde o início, exageraram nas divididas. O juiz só tomou uma atitude aos 38 minutos, quando expulsou Isco após entrada desleal em Neymar.
No primeiro tempo, ao sofrer falta, Cristiano Ronaldo, que teve atuação fraca, já mereceria o vermelho por ter dado uma cotovelada na cabeça de Daniel Alves. O resultado joga o Real Madrid em uma crise na 12ª rodada. O técnico dos merengues, Rafa Benítez, está ameaçado de perder o cargo. Zidane, ex-jogador do clube, seria o principal nome para substituí-lo.
R7

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial