Espetáculo A Ilha do Fim do Século Abre Primeira Noite do Festival Atos

atosPB1Na abertura da 7° edição do Festival Atos, que aconteceu na noite dessa quinta feira(03) no Sesc Centro, contou com o espetáculo “A Ilha do Fim do Século” do grupo do teatro universitário Liége (Bélgica) com texto de Alejandro Finzi e direção de Robert Germay.
O espetáculo retrata acontecimentos de uma ilha na Patagônia-Argentina. Nesse lugar estão os personagens Charles Darwin que faz experiências e lançamentos de garrafas no mar, Antonie de Saint Exupery que acaba caindo com seu avião na ilha, EmmaKrankheit a noiva de Freud e Hugo o vendedor de livros. O apice foi quando, o Saint Exupey tenta concertar o seu avião e alcançar o seu plane junto com os outros personagens.
Em entrevista a Eliane Lisboa, o diretor Robert Germay comentou que gostou muito de ter voltado ao Brasil depois de muitos anos, sendo sua ultima vez no ano de 1991, para um festival de teatro na cidade de Campinas/SP, e é a primeira vez que vem ao Brasil trazendo um espetáculo seu.

Expectativas e Novidades da 7° Edição do Festival Atos

Em sua 7° edição o Festival Atos traz uma grande diversidade de genêros teatrais, tentando sempre mostrar o teatro feito por Campina Grande e dentro das universidades, ao mesmo tempo o Festival é uma grande vitrine para outros espetáculos do país e esse ano contando com espetáculos internacionais como o do grupo Liége (Bélgica). E nessa sétima edição do festival conta ainda com um grande diferencial, que é o Atos nas escolas, como comentou o Coordenador Nathan Cirino que compõe a Coordenação do Atos desde sua 1° edição.
Nessa sexta feira(04) tem mais Festival Atos:
Em sua primeira vez no Festival Atos, os integrantes do grupo de teatro COATO(Coletivo de pesquisa em Arte Contemporanea) da UFBA (Salvador,BA) , Ana Scheidegger, Marcus Lobo e Natielly Santos disseram que a expectativa é de um festival de teatro grandioso, esperando uma troca de experiências culturais, artísticas e uma integração com a comunidade ultrapassando o limite do acadêmico. Aridelson e Ailton que puderam prestigiar o espetáculo “A Ilha do Fim do Século” relataram que apesar de uma língua estrangeira foi bastante exótico e ousado misturar grandes de contextos diferenciado, enriqueceu o espetáculo e pode expandir nossa cultura local de teatro para o público. Lembrando que o Grupo COATO estará na programação oficial do Atos dessa Sexta Feira, e você pode conferir a programação completa aqui: http://goo.gl/SH0gGZ

atosPB1Na abertura da 7° edição do Festival Atos, que aconteceu na noite dessa quinta feira(03) no Sesc Centro, contou com o espetáculo “A Ilha do Fim do Século” do grupo do teatro universitário Liége (Bélgica) com texto de Alejandro Finzi e direção de Robert Germay.
O espetáculo retrata acontecimentos de uma ilha na Patagônia-Argentina. Nesse lugar estão os personagens Charles Darwin que faz experiências e lançamentos de garrafas no mar, Antonie de Saint Exupery que acaba caindo com seu avião na ilha, EmmaKrankheit a noiva de Freud e Hugo o vendedor de livros. O apice foi quando, o Saint Exupey tenta concertar o seu avião e alcançar o seu plane junto com os outros personagens.
Em entrevista a Eliane Lisboa, o diretor Robert Germay comentou que gostou muito de ter voltado ao Brasil depois de muitos anos, sendo sua ultima vez no ano de 1991, para um festival de teatro na cidade de Campinas/SP, e é a primeira vez que vem ao Brasil trazendo um espetáculo seu.

Expectativas e Novidades da 7° Edição do Festival Atos

Em sua 7° edição o Festival Atos traz uma grande diversidade de genêros teatrais, tentando sempre mostrar o teatro feito por Campina Grande e dentro das universidades, ao mesmo tempo o Festival é uma grande vitrine para outros espetáculos do país e esse ano contando com espetáculos internacionais como o do grupo Liége (Bélgica). E nessa sétima edição do festival conta ainda com um grande diferencial, que é o Atos nas escolas, como comentou o Coordenador Nathan Cirino que compõe a Coordenação do Atos desde sua 1° edição.
Nessa sexta feira(04) tem mais Festival Atos:
Em sua primeira vez no Festival Atos, os integrantes do grupo de teatro COATO(Coletivo de pesquisa em Arte Contemporanea) da UFBA (Salvador,BA) , Ana Scheidegger, Marcus Lobo e Natielly Santos disseram que a expectativa é de um festival de teatro grandioso, esperando uma troca de experiências culturais, artísticas e uma integração com a comunidade ultrapassando o limite do acadêmico. Aridelson e Ailton que puderam prestigiar o espetáculo “A Ilha do Fim do Século” relataram que apesar de uma língua estrangeira foi bastante exótico e ousado misturar grandes de contextos diferenciado, enriqueceu o espetáculo e pode expandir nossa cultura local de teatro para o público. Lembrando que o Grupo COATO estará na programação oficial do Atos dessa Sexta Feira, e você pode conferir a programação completa aqui: http://goo.gl/SH0gGZ