Flamengo acerta renovação com Rodrigo Caetano por mais três anos

flaEm meio à procura no mercado por novas contratações, o Flamengo ampliou o vínculo com o seu diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano. Contratado após deixar o Vasco em 2014, no início da gestão Eurico Miranda, o dirigente cumpriu primeiro ano de trabalho no Rubro-negro e acertou a renovação com a diretoria por mais três anos.
Rodrigo Caetano tinha permanência garantida em duas das três chapas que disputavam a presidência do Flamengo. Wallim Vasconcellos também expressou o desejo da manutenção do diretor de futebol. Apenas Cacau Cotta antecipou que, caso eleito, não ficaria com o executivo de futebol do Flamengo. O presidente reeleito do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, que admitiu durante a campanha falhas e frustrações com o desempenho do futebol na sua primeira gestão, confirmou a renovação com Caetano. A notícia foi publicada nesta quarta pelo portal Uol.
– Temos avaliação melhor possível do trabalho do Rodrigo. Estamos felizes de ter uma pessoa como ele, com a competência e integridade que tem, por bastante tempo aqui no Flamengo – disse Bandeira de Mello.
O primeiro ano de Rodrigo Caetano do Flamengo não teve títulos, mas, na avaliação da diretoria rubro-negra, foi satisfatório pela organização do departamento, realocação de jogadores que não interessavam ao clube e movimentação no mercado.
– Para mim é motivo de orgulho essa permanência. Querendo ou não, passa reconhecimento da direção de que posso colaborar em muita coisa da parte administrativa. Vamos seguir melhorando na parte administrativa, no departamento de futebol, nas melhorias do centro de treinamento, mas, claro, também temos que ter melhores resultados em campo – comentou Rodrigo Caetano.
Ex-jogador de futebol, Rodrigo Caetano começou como executivo no RS Futebol, de Paulo Cesar Carpegiani, depois passou pelo Grêmio, onde atuou como atleta, até ser contratado pelo Vasco na administração Roberto Dinamite. Caetano ficou em São Januário até o fim de 2011, depois passou dois anos no Fluminense até retornar ao Vasco no fim da gestão Dinamite. No Rio, ele participou das conquistas da Série B de 2009 e da Copa do Brasil de 2011 com o Vasco. Foi campeão estadual e brasileiro em 2012 pelo Fluminense.
Globoesporte

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial