Aguirre tem a volta de cinco atletas, e Galo vai reemprestar outros sete

O entra e sai no Atlético-MG está definido neste fim de ano e início da próxima temporada. Dos jogadores que retornam ao clube, apenas cinco serão reintegrados ao grupo do técnico Diego Aguirre para 2016. O mais conhecido é André, atacante que estava emprestado ao Sport. Os outros quatros são jovens promessas, sendo que a maioria saiu das categorias de base do clube e foi emprestada, e voltam após boas participações em equipes médias. Outros sete voltarão a ser cedidos a outras equipes.
Além de André, voltam ao Galo em 2016 também o meia Wescley, do Ceará e os atacantes Marion, do Joinville, Henrique, do Paraná e Pablo, que estava no América-MG.
– Teremos a Sul-Minas no ano que vem, a Flórida Cup, o Mineiro, a Copa do Brasil e o Brasileiro. Se não tiver algumas dessas competições, a gente vai avaliar. Mas esses jogadores, por tudo que fizeram, merecem uma oportunidade, e a gente vai olhar – confirmou o dirigente.
Os jogadores que voltariam ao Galo, após fim de empréstimo, como Renan Oliveira, Fillipe Soutto, Danielzinho, Alex Silva, Emerson, Eron e Leleu serão novamente envolvidos em empréstimos para outros clubes.
Maluf deixou claro que o Atlético-MG pretende trabalhar com 35 a 37 jogadores no elenco para a próxima temporada. E que, obviamente, o técnico Diego Aguirre irá priorizar a disputa da Taça Libertadores, fazendo com que mude o time nas disputas paralelas à competição continental.
– Nós vamos ter um elenco um pouco maior. E o time para jogar Libertadores. Não vai ser o técnico que vai ficar mudando o time. Vai priorizar a Libertadores. E vai dar alternativa para o treinador mudar o time para as outras competições.
Globoesporte

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial