Por motivos financeiros o volante Daniel troca o CSP pelo Central

Após o Botafogo-PB, Campinense e Treze apresentaram seus elencos, outros times do Campeonato Paraibano continuam anunciando jogadores para a próxima temporada, o CSP segue com futuro incerto. A situação do Tigre é periclitante, é o único time que não anunciou treinador até a presente data. Isso deixa transparecer que o clube vai ter um elenco formado quase que totalmente por jogadores da base, da Copa São Paulo de Futebol Junior.
E apesar de saber dos riscos de ser rebaixado no fim do Paraibano 2016, o presidente Josivaldo Alves diz que não tem outra alternativa a não ser esperar por um patrocínio ou pela venda de algum jogador.
– Estamos correndo atrás, temos a consciência e a certeza disso. Sabemos que existe risco de rebaixamento, não queremos cair, mas precisamos ser realistas e não vamos assumir contas que não poderemos pagar. Sem ter orçamento, eu prefiro correr o risco de não fazer um bom campeonato, disse o dirigente.
Josivaldo disse ainda, que o CSP tem uma política de pagar os salários de seus jogadores em dia e quer manter essa imagem intacta. Ele citou o caso do volante Daniel, veterano, que acabou indo para o Central de Caruaru porque o Tigre não teve como pagar o que ele pediu.
Márcio Góes

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial