Grafite pede mais jogadores de peso no Santa: “Divide responsabilidade”

Não há dúvidas quanto ao peso do nome de Grafite no Santa Cruz. A própria apresentação do jogador, em julho do ano passado, com direito até a chegada de helicóptero, já dava dimensão disso. Principal atleta do plantel, o camisa 23 pediu mais jogadores de currículo forte para dividir a responsabilidade de ter todos os holofotes apontados para si.

O atacante acredita, inclusive, que Maxi Biancucchi seria um bom nome para dividir a missão. Porém, a diretoria coral desistiu, nesta quarta-feira, de trazer o atacante do Bahia.

– Se viesse outro jogador para dividir isso (a responsabilidade), seria ótimo. Sem falar na qualidade. Eu nem sabia que o Maxi não tinha vingado. Eu sabia que estava quase tudo certo. É uma pena porque ele ia acrescentar muito. Se não deu certo, creio que a diretoria está trabalhando para trazer algum outro nome. Temos que ter um plantel grande e estruturado.

Grafite não se escondeu e disse que, de fato, é o maior nome do time do Santa Cruz pelo currículo que tem, com passagens por clubes como Grêmio, São Paulo, Wolfsburg-ALE e até seleção brasileira.

– Traria muitas vantagens para nós (outros jogadores de peso). Até para dividir as atenções. Hoje eu sou o grande nome da equipe em nível nacional. Quando se fala em Santa Cruz, lembram do meu nome pelo que eu já fiz e venho fazendo. Maxi ajudaria, por exemplo.
Globoesporte

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial