Douglas considera deixar o Barcelona, mas quer seguir no futebol espanhol

A novela envolvendo o lateral-direito Douglas, do Barcelona, segue ganhando destaque na Espanha. O GloboEsporte.com apurou que o jogador está disposto a deixar o clube catalão por um “simples” motivo: ganhar ritmo de jogo e experiência no futebol europeu, para em breve voltar ao time culé e ter mais oportunidades. Porém, uma possível mudança está sendo muito bem estudada, pois o jogador não quer deixar a Espanha neste momento.
Douglas está bem adaptado a Barcelona. Mas sabe que precisa jogar e, por isso, não está satisfeito. Sair do Barça seria uma chance para conseguir mais minutos em campo. Mas sair da Espanha, não. Douglas acredita que se continuar no Campeonato Espanhol terá mais chances de voltar ao clube e será acompanhado com mais atenção pelos catalães.
O diário “Sport” publicou nesta sexta-feira que Robert Fernández, diretor-esportivo do Barcelona, viajou a Gijón para tratar de um possível empréstimo de seis meses do jogador com o Sporting. O tempo de contrato, porém, também pode ser entrave. Seis meses de empréstimo que seriam muito pouco, considerando que a temporada termina no fim de maio. Douglas considera um ano meio como ideal, porque terá toda uma temporada para mostrar que é capaz de voltar ao Barcelona para jogar com frequência.
A janela de inverno na Europa costuma ser menos agitada do que o verão do Velho Continente. Por isso, a negociação do jogador pode não acontecer neste momento: o último dia de transferências é 1º de fevereiro.
Clubes de Portugal, França, Inglaterra, Itália e até Brasil já buscaram informações sobre o jogador, além do Sevilla. Douglas conta com o apoio do técnico Luis Enrique, que já deixou claro que ele precisar de mais minutos em campo. Porém, titular e campeão de tudo pelo Barcelona, Daniel Alves dificilmente fica fora das partidas.
Com apenas dois jogos pelo Barcelona nesta temporada, e sete no total desde 2014, Douglas considera que as lesões (seis) atrapalharam e muito seu desempenho no clube. Recuperado, agora, acredita que pode jogar com frequência. Por isso, a ideia de um empréstimo é considerada com bons olhos.
Revelado pelo Goiás, o lateral chegou ao São Paulo em 2012. Pelo clube paulista, disputou 125 jogos entre 2012 e 2014, e não sofreu com tantas lesões.

Globoesporte

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial