Comitê premiará atletas por medalhas nos Jogos Paralímpicos do Rio

O Comitê Paralímpico Brasileiro premiará os atletas que conquistarem medalhas nos Jogos Paralímpicos de 2016, entre os dias 7 e 18 de setembro, no Rio de Janeiro. A partilha das bonificações será feita de acordo com a cor da medalha e prevê faixas diferentes de recompensa para competidores individuais, revezamentos ou por equipes. Os atletas-guia, calheiros e pilotos que forem ao pódio também serão gratificados.
O Comitê espera distribuir cerca de R$ 3 milhões em recompensas. O medalhista de ouro em competições individuais receberá R$ 60 mil, enquanto a prata renderá R$ 30 mil e o bronze, R$ 20 mil. O título paralímpico em modalidades coletivas, por equipes e revezamentos valerá um prêmio de R$ 30 mil por atleta. A prata, neste caso, será bonificada com R$ 15 mil e o bronze, com R$ 10 mil. Atletas-guia, calheiros e pilotos receberão um terço do valor da medalha conquistada por seu atleta.
“Queríamos muito que a primeira iniciativa do Comitê Paralímpico Brasileiro após o aumento do repasse da Lei Agnelo/Piva fosse diretamente relacionada à performance dos nossos atletas. Não haveria momento mais oportuno para anunciar estas premiações que serão pagas a eles. Demos ênfase às medalhas de ouro pois a nossa meta é bastante agressiva para os Jogos Paralímpicos, e os ouros serão decisivos. Queremos pagar muitos prêmios por medalhas aos atletas após os Jogos Paralímpicos de 2016”, disse Andrew Parsons, presidente do CPB e vice-presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês).
O recurso para o pagamento destas premiações será proveniente do aumento do percentual recebido pelo CPB da Lei Agnelo/Piva. Pelo texto da Lei, 2,7% da arrecadação bruta das loterias federais devem ser investidos no esporte. Deste total, 37,04% devem ser repassados ao Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e 62,96% ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).
O CPB tem como meta ficar no Top 5 do quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos do Rio-2016. Na última edição do evento, Londres-2012, a delegação brasileira ficou com a sétima colocação, com 43 medalhas: 21 de ouro, 14 de prata e outras oito de bronze.
A estimativa do Comitê é que cerca de 271 atletas integrem a delegação verde e amarela no Rio de Janeiro.

Banner Add

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial