Colisão de trens na Alemanha deixa 9 mortos e cerca de 150 feridos

trensDois trens de passageiros colidiram na manhã desta terça-feira (9) no sul do estado da Baviera, na Alemanha, deixando nove pessoas mortas. Segundo a agência Reuters, mais de 100 pessoas ficaram feridas – algumas em estado grave. Duas pessoas desaparecidas, informou o ministro de Transportes.

O feridos graves foram levados em helicóptero a um hospital. Os feridos leves foram transportados em ambulâncias. A causa do acidente ainda está sendo investigada.

De acordo com a imprensa local, a colisão ocorreu por volta de 7h, na linha entre Holzkirchen e Rosenheim, a 41 km ao sudeste de Munique. Uma das composições descarrilou. O acidente ocorreu nas proximidades da cidade de Bad Aibling, uma estação de águas localizada 60 km ao sul de Munique.
Equipes de resgate estão no local. O acidente interrompeu os serviços de trens na região.

O Ministro de Transportes alemão, Alexander Dobrindt, disse em coletiva de imprensa que cada trem estava a uma velocidade de 100 km/h. “Temos que assumir que um condutor não pôde ver o outro antes do acidente”, disse.

Segundo ele, duas caixas pretas foram recuperadas e uma terceira está na parte danificada de um dos trens, mas também deve ser recuperada. Por isso, ainda não é possível tirar conclusões sobre a causa do acidente.

“As imagens que vocês veem são muito emotivas, porque não podemos imaginar que tais acidentes ocorram aqui. Por isso estamos com muito interesse em esclarecer exatamente o que houve, se foi um problema técnico ou uma falha humano”, afirmou o ministro.
Também é preciso esclarecer por que os dois trens estavam no mesmo trilho, disse o ministro.

“Este é o maior acidente que tivemos em anos na região e temos um time de paramédicos, ambulâncias e helicópteros envolvidos na operação”, disse à agência de notícias Associated Press o porta-voz da polícia, Stefan Sonntag.

Por causa do carnaval, que também é feriado na Alemanha, não houve aulas hoje na Alemanha, por isso os trens não carregavam crianças e adolescentes.

O último grande acidente com número alto de mortes na Alemanha tinha ocorrido em 2006, quando 23 pessoas perderam a vida e 10 ficaram feridas no choque entre um trem de passageiros e um veículo de manutenção dos trilhos, nas proximidades de Lathen, no oeste do país.
G1

trensDois trens de passageiros colidiram na manhã desta terça-feira (9) no sul do estado da Baviera, na Alemanha, deixando nove pessoas mortas. Segundo a agência Reuters, mais de 100 pessoas ficaram feridas – algumas em estado grave. Duas pessoas desaparecidas, informou o ministro de Transportes.

O feridos graves foram levados em helicóptero a um hospital. Os feridos leves foram transportados em ambulâncias. A causa do acidente ainda está sendo investigada.

De acordo com a imprensa local, a colisão ocorreu por volta de 7h, na linha entre Holzkirchen e Rosenheim, a 41 km ao sudeste de Munique. Uma das composições descarrilou. O acidente ocorreu nas proximidades da cidade de Bad Aibling, uma estação de águas localizada 60 km ao sul de Munique.
Equipes de resgate estão no local. O acidente interrompeu os serviços de trens na região.

O Ministro de Transportes alemão, Alexander Dobrindt, disse em coletiva de imprensa que cada trem estava a uma velocidade de 100 km/h. “Temos que assumir que um condutor não pôde ver o outro antes do acidente”, disse.

Segundo ele, duas caixas pretas foram recuperadas e uma terceira está na parte danificada de um dos trens, mas também deve ser recuperada. Por isso, ainda não é possível tirar conclusões sobre a causa do acidente.

“As imagens que vocês veem são muito emotivas, porque não podemos imaginar que tais acidentes ocorram aqui. Por isso estamos com muito interesse em esclarecer exatamente o que houve, se foi um problema técnico ou uma falha humano”, afirmou o ministro.
Também é preciso esclarecer por que os dois trens estavam no mesmo trilho, disse o ministro.

“Este é o maior acidente que tivemos em anos na região e temos um time de paramédicos, ambulâncias e helicópteros envolvidos na operação”, disse à agência de notícias Associated Press o porta-voz da polícia, Stefan Sonntag.

Por causa do carnaval, que também é feriado na Alemanha, não houve aulas hoje na Alemanha, por isso os trens não carregavam crianças e adolescentes.

O último grande acidente com número alto de mortes na Alemanha tinha ocorrido em 2006, quando 23 pessoas perderam a vida e 10 ficaram feridas no choque entre um trem de passageiros e um veículo de manutenção dos trilhos, nas proximidades de Lathen, no oeste do país.
G1