AMA – Amigos do Autista participou do Crescer apresentando métodos de tratamento para crianças autistas

amaO projeto AMA – Amigos do Autista, do Instituto Brenda Pinheiro – IBP participou com um stand do 19º Crescer – O Encontro da Família Católica, realizado este ano no Spazzio, no bairro do Catolé, em Campina Grande. Durante o evento, os participantes puderam visitar o stand e conhecer um pouco sobre os métodos utilizados na educação e tratamento de crianças com o Transtorno do Espectro Autista.

A AMA é um projeto que existe em Campina Grande há mais de um ano, uma espécie de associação mantida por pais de crianças autistas que, agora em 2016, deverá iniciar seu projeto social, acolhendo crianças carentes diagnosticadas com o autismo. Para isso, está buscando parcerias com o Poder Público e promovendo o engajamento da sociedade campinense, através de doações e participação financeira.

No stand da AMA no Crescer, as pessoas vivenciaram o trabalho desenvolvido na AMA pelas educadoras que atendem as crianças na instituição. De acordo com Vânia Pinheiro, presidente do Instituto Brenda Pinheiro, a participação da AMA no evento foi extremamente satisfatória, pois significou uma oportunidade para os campinenses e visitantes de outras cidades conhecerem melhor o autismo e suas formas de tratamento.

Educação e Saúde – Vânia Pinheiro afirmou que, durante os dias do encontro, o stand da AMA foi muito visitado por educadoras e pessoas da área de saúde que atuam na rede pública. Estes profissionais puderam entender melhor como funcionam os métodos utilizados no tratamento de uma criança autista, que podem perfeitamente ser utilizados em sala de aula nas escolas regulares, desde que haja uma adaptação das atividades.

“A vivência dos profissionais de saúde e educadores do município que nos visitaram foi um fato positivo da participação da AMA no Crescer. Pedagogos trouxeram vídeos com crianças que eles tem em sala de aula para que discutíssemos o comportamento dessas crianças e como os profissionais estão lidando com cada situação”, destacou Vânia.

Ela disse que, por intuição e pela condução do Espírito Santo, estes profissionais estão tendo, realmente, noções de como lidar com situações em que uma criança autista está inserida no dia a dia das escolas. “Sou uma pessoa de muita fé e acredito que o Espírito Santo age nessas horas e ajuda as professoras a lidar com esses anjinhos”, disse Vânia.

No stand, os profissionais da AMA mostraram aos visitantes como devem ser empregados os métodos que tem eficácia cientificamente comprovada no trabalho com crianças autistas em todo o mundo e que tem conseguido avanços significativos no comportamento das crianças. “Em Campina Grande os métodos que a AMA usa são os mesmos utilizados nos Estados Unidos ou em qualquer outro lugar do mundo e são os únicos que tem comprovação científica de sua eficácia”, disse Vânia.

Como ajudar – Vânia Pinheiro finalizou agradecendo à Comunidade Pio X, em nome de Gustavo Lucena, e a toda a Igreja Católica, pelo convite e pela oportunidade de a AMA participar do encontro. “Foram dias abençoados para nós, mães, para as crianças e para todos os que participam deste maravilhoso encontro. Agradeço imensamente o carinho que todos do Crescer tiveram com a AMA”, afirmou Vânia, confirmando que a AMA está de portas abertas para receber mães e profissionais das áreas de Saúde e Educação que queiram conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela entidade.

Da mesma forma, Vânia Pinheiro disse que os interessados em contribuir com o projeto social da AMA podem manter contato com a entidade para fazer uma visita, conhecer o trabalho desenvolvido e colher maiores informações sobre como ajudar no projeto social da AMA, contribuindo para que o atendimento seja disponibilizado a crianças carentes.

Maiores informações:

AMA – Amigos do Autista / Instituto Brenda Pinheiro
Rua José do Ó, 169
Bairro: Alto Branco
Campina Grande – PB
Telefone da AMA: (83) 3066-3001
Telefone de Vânia Pinheiro: (83) 99971-6577 / (83) 98717-3239

Ass.Com Comunicação & Marketing

amaO projeto AMA – Amigos do Autista, do Instituto Brenda Pinheiro – IBP participou com um stand do 19º Crescer – O Encontro da Família Católica, realizado este ano no Spazzio, no bairro do Catolé, em Campina Grande. Durante o evento, os participantes puderam visitar o stand e conhecer um pouco sobre os métodos utilizados na educação e tratamento de crianças com o Transtorno do Espectro Autista.

A AMA é um projeto que existe em Campina Grande há mais de um ano, uma espécie de associação mantida por pais de crianças autistas que, agora em 2016, deverá iniciar seu projeto social, acolhendo crianças carentes diagnosticadas com o autismo. Para isso, está buscando parcerias com o Poder Público e promovendo o engajamento da sociedade campinense, através de doações e participação financeira.

No stand da AMA no Crescer, as pessoas vivenciaram o trabalho desenvolvido na AMA pelas educadoras que atendem as crianças na instituição. De acordo com Vânia Pinheiro, presidente do Instituto Brenda Pinheiro, a participação da AMA no evento foi extremamente satisfatória, pois significou uma oportunidade para os campinenses e visitantes de outras cidades conhecerem melhor o autismo e suas formas de tratamento.

Educação e Saúde – Vânia Pinheiro afirmou que, durante os dias do encontro, o stand da AMA foi muito visitado por educadoras e pessoas da área de saúde que atuam na rede pública. Estes profissionais puderam entender melhor como funcionam os métodos utilizados no tratamento de uma criança autista, que podem perfeitamente ser utilizados em sala de aula nas escolas regulares, desde que haja uma adaptação das atividades.

“A vivência dos profissionais de saúde e educadores do município que nos visitaram foi um fato positivo da participação da AMA no Crescer. Pedagogos trouxeram vídeos com crianças que eles tem em sala de aula para que discutíssemos o comportamento dessas crianças e como os profissionais estão lidando com cada situação”, destacou Vânia.

Ela disse que, por intuição e pela condução do Espírito Santo, estes profissionais estão tendo, realmente, noções de como lidar com situações em que uma criança autista está inserida no dia a dia das escolas. “Sou uma pessoa de muita fé e acredito que o Espírito Santo age nessas horas e ajuda as professoras a lidar com esses anjinhos”, disse Vânia.

No stand, os profissionais da AMA mostraram aos visitantes como devem ser empregados os métodos que tem eficácia cientificamente comprovada no trabalho com crianças autistas em todo o mundo e que tem conseguido avanços significativos no comportamento das crianças. “Em Campina Grande os métodos que a AMA usa são os mesmos utilizados nos Estados Unidos ou em qualquer outro lugar do mundo e são os únicos que tem comprovação científica de sua eficácia”, disse Vânia.

Como ajudar – Vânia Pinheiro finalizou agradecendo à Comunidade Pio X, em nome de Gustavo Lucena, e a toda a Igreja Católica, pelo convite e pela oportunidade de a AMA participar do encontro. “Foram dias abençoados para nós, mães, para as crianças e para todos os que participam deste maravilhoso encontro. Agradeço imensamente o carinho que todos do Crescer tiveram com a AMA”, afirmou Vânia, confirmando que a AMA está de portas abertas para receber mães e profissionais das áreas de Saúde e Educação que queiram conhecer de perto o trabalho desenvolvido pela entidade.

Da mesma forma, Vânia Pinheiro disse que os interessados em contribuir com o projeto social da AMA podem manter contato com a entidade para fazer uma visita, conhecer o trabalho desenvolvido e colher maiores informações sobre como ajudar no projeto social da AMA, contribuindo para que o atendimento seja disponibilizado a crianças carentes.

Maiores informações:

AMA – Amigos do Autista / Instituto Brenda Pinheiro
Rua José do Ó, 169
Bairro: Alto Branco
Campina Grande – PB
Telefone da AMA: (83) 3066-3001
Telefone de Vânia Pinheiro: (83) 99971-6577 / (83) 98717-3239

Ass.Com Comunicação & Marketing