Homem mata 14 membros de sua família e depois se enforca

mortos142Um homem na índia matou a facadas 14 membros de sua própria família, incluindo sete crianças, e então se enforcou, disse a polícia neste domingo, em um dos piores massacres no país nos anos recentes.
Hasnin Warekar, de trinta e cinco anos, matou seus pais, várias de suas irmãs e seus filhos pouco depois da meia-noite na casa da família na cidade de Thane, cerca de 27 quilômetros ao norte de Mumbai, disse o porta-vozda polícia Gajanan Kabdule.
Uma das irmãs de Warekar sobreviveu a ataque e está sendo tratada no hospital.
“Ele usou uma grande faca. Matou seus pais, suas irmãs e os filhos de suas irmãs. Cortou suas gargantas”, disse Kabdule à Reuters.
A polícia está investigando a possibilidade de que uma disputa de propriedade esteja por trás do massacre, mas ainda não se estabeleceu um motivo, disse.
A mídia local noticiou que Warekar dosou a comida de sua família com um sedativo antes de matá-los, mas Kabdule disse que isso não foi confirmado já que as evidências retiradas da casa ainda estão sendo analisadas.
R7

mortos142Um homem na índia matou a facadas 14 membros de sua própria família, incluindo sete crianças, e então se enforcou, disse a polícia neste domingo, em um dos piores massacres no país nos anos recentes.
Hasnin Warekar, de trinta e cinco anos, matou seus pais, várias de suas irmãs e seus filhos pouco depois da meia-noite na casa da família na cidade de Thane, cerca de 27 quilômetros ao norte de Mumbai, disse o porta-vozda polícia Gajanan Kabdule.
Uma das irmãs de Warekar sobreviveu a ataque e está sendo tratada no hospital.
“Ele usou uma grande faca. Matou seus pais, suas irmãs e os filhos de suas irmãs. Cortou suas gargantas”, disse Kabdule à Reuters.
A polícia está investigando a possibilidade de que uma disputa de propriedade esteja por trás do massacre, mas ainda não se estabeleceu um motivo, disse.
A mídia local noticiou que Warekar dosou a comida de sua família com um sedativo antes de matá-los, mas Kabdule disse que isso não foi confirmado já que as evidências retiradas da casa ainda estão sendo analisadas.
R7