Veneziano visita a Feira da Prata e ouve mais queixas da população

vPrataConstruída com recursos próprios, a nova Feira da Prata é uma das obras que se junta às tantas de muito alcance social da gestão do então prefeito Veneziano Vital do Rêgo por oito anos. O atual Deputado Federal, como tem sido praticamente todos os finais de semana, visitou neste domingo, 06, várias comunidades campinenses, além de equipamentos públicos, dentre eles, a Feira da Prata.

Nos seus contatos com comerciantes e o povo em geral, Veneziano ouviu queixas das deficiências nas unidades de saúde, nas escolas, da falta de zelo para com a UPA, além de ter recebido reclamações de mulheres sobre o atendimento na maternidade municipal (Isea). Servidores Públicos também foram ao encontro do deputado e disseram que há cortes de gratificações, que os salários não estão sendo pagos em dia como o prefeito divulga na mídia: “Sempre que estou em Campina e mesmo em Brasília, tenho ouvido que a cidade não vai bem. Que o atual prefeito preferiu valorizar as campanha de TV, rádio e outdoor, enquanto os interesses reais do povo praticamente não existem”, assinalou o parlamentar.

“Como é bom chegar num domingo e constatar que a Feira da Prata não desabou e nem vai cair, como bradavam meus opositores. Muito pelo contrário, a Feira está cada vez maior e reunindo famílias inteiras, em busca de produtos de qualidade. Já está pequena para o grande número de pessoas que frequenta o local”, destacou Veneziano,

Ao lado do vereador Galego do Leite e de pré-candidatos a vereador, além de pessoas do povo e jornalistas, Veneziano tomou café no espaço superior da Feira. Degustou um bom cuscuz e recebeu o abraço e carinho de dezenas de comerciantes, felizes com seus empreendimentos.

O comerciante de queijo da Feira, o senhor João Rufino, foi um dos que foi ao encontro do deputado. Disse que Campina vai ser grata sempre a Veneziano: “Aqui trabalho com orgulho. Recebi meu box do prefeito Veneziano sem tirar um tostão do meu bolso”, disse emocionado o antigo vendedor.

Neste domingo, Veneziano ainda participou de encontros no sítio Campo de Angola, além de ter se reunido com lideranças comunitárias na cidade.

vPrataConstruída com recursos próprios, a nova Feira da Prata é uma das obras que se junta às tantas de muito alcance social da gestão do então prefeito Veneziano Vital do Rêgo por oito anos. O atual Deputado Federal, como tem sido praticamente todos os finais de semana, visitou neste domingo, 06, várias comunidades campinenses, além de equipamentos públicos, dentre eles, a Feira da Prata.

Nos seus contatos com comerciantes e o povo em geral, Veneziano ouviu queixas das deficiências nas unidades de saúde, nas escolas, da falta de zelo para com a UPA, além de ter recebido reclamações de mulheres sobre o atendimento na maternidade municipal (Isea). Servidores Públicos também foram ao encontro do deputado e disseram que há cortes de gratificações, que os salários não estão sendo pagos em dia como o prefeito divulga na mídia: “Sempre que estou em Campina e mesmo em Brasília, tenho ouvido que a cidade não vai bem. Que o atual prefeito preferiu valorizar as campanha de TV, rádio e outdoor, enquanto os interesses reais do povo praticamente não existem”, assinalou o parlamentar.

“Como é bom chegar num domingo e constatar que a Feira da Prata não desabou e nem vai cair, como bradavam meus opositores. Muito pelo contrário, a Feira está cada vez maior e reunindo famílias inteiras, em busca de produtos de qualidade. Já está pequena para o grande número de pessoas que frequenta o local”, destacou Veneziano,

Ao lado do vereador Galego do Leite e de pré-candidatos a vereador, além de pessoas do povo e jornalistas, Veneziano tomou café no espaço superior da Feira. Degustou um bom cuscuz e recebeu o abraço e carinho de dezenas de comerciantes, felizes com seus empreendimentos.

O comerciante de queijo da Feira, o senhor João Rufino, foi um dos que foi ao encontro do deputado. Disse que Campina vai ser grata sempre a Veneziano: “Aqui trabalho com orgulho. Recebi meu box do prefeito Veneziano sem tirar um tostão do meu bolso”, disse emocionado o antigo vendedor.

Neste domingo, Veneziano ainda participou de encontros no sítio Campo de Angola, além de ter se reunido com lideranças comunitárias na cidade.