Mergulhadores desvendam mistério de quase um século ao encontrar rebocador da Marinha dos EUA

misteroMarO USS Conestoga desapareceu após sair de San Francisco em 25 de março de 1921 com 56 pessoas a bordo. Ele estava a caminho da Samoa Americana.
O desaparecimento deu início a uma intensa e vasta busca no oceano, encerrada sem êxito três meses depois.
Foi a maior operação de busca da Marinha americana até então. Mas ela ocorreu entre o Havaí e a costa mexicana, e o navio acabou sendo encontrado, em 2009, em uma mapeamento de rotina na costa da Califórnia.
Nesta quarta-feira, os pesquisadores confirmaram que os destroços eram do USS Conestoga.
Os pesquisadores acreditam que o navio afundou quando tentava chegar a uma enseada para se proteger de ventos fortes e do mar agitado.
G1

misteroMarO USS Conestoga desapareceu após sair de San Francisco em 25 de março de 1921 com 56 pessoas a bordo. Ele estava a caminho da Samoa Americana.
O desaparecimento deu início a uma intensa e vasta busca no oceano, encerrada sem êxito três meses depois.
Foi a maior operação de busca da Marinha americana até então. Mas ela ocorreu entre o Havaí e a costa mexicana, e o navio acabou sendo encontrado, em 2009, em uma mapeamento de rotina na costa da Califórnia.
Nesta quarta-feira, os pesquisadores confirmaram que os destroços eram do USS Conestoga.
Os pesquisadores acreditam que o navio afundou quando tentava chegar a uma enseada para se proteger de ventos fortes e do mar agitado.
G1