Paraibano: Veja classificados para mata-mata e quais times lutarão contra rebaixamento

Este domingo (27) foi de rodada decisiva no Campeonato Paraibano 2016. Dos 10 times que entraram em campo, seis lutaram pela classificação para a próxima fase. Conseguiram o passaporte para o mata-mata Botafogo, Campinense, CSP, Paraíba de Cajazeiras, Sousa e Treze. Atlético de Cajazeiras, Santa Cruz de Santa Rita, Auto Esporte e Esporte de Patos se enfrentam no quadrangular da morte para evitar o rebaixamento. Veja, mais abaixo, como foram os jogos deste domingo.
Vão duelar no mata-mata Campinense e Treze; Paraíba e CSP; e Botafogo e Sousa. Os vencedores avançam para as semifinais, junto com o time de melhor desempenho no quadrangular da morte. A disputa entre os perdedores na primeira fase do Paraibano será em jogos de ida e volta. Os dois últimos colocados neste grupo serão rebaixados para a Série B do Estadual.
As datas dos confrontos do mata-mata e do quadrangular da morte ainda não foram definidas pela Federação Paraibana de Futebol.

Botafogo 5 x 1 Auto Esporte
O Botafogo-PB entrou em campo apenas para cumprir tabela, pois já havia garantido sua classificação com várias rodadas de antecedência. Já o Auto Esporte precisava vencer para garantir uma vaga na próxima fase. Porém, o time falhou nessa missão e viu o alvinegro abrir dois gols de vantagem nos primeiros 30 minutos de partida, com Warley, de pênalti, e Pingo. No início do segundo, Isac Buiú diminuiu para o Auto, em cobrança de pênalti. Mas o dia era mesmo do Botafogo. Aos 16 minutos, Jefferson fez o terceiro do Belo. E aos 31, em mais um pênalti, Marcinho fez o quarto do alvinegro. Nos acréscimos, virou passeio no Almeidão, com mais um gol de Marcinho.

Campinense 0 x 0 Treze
Assim como Botafogo, o Campinense já tinha vaga garantida no mata-mata. A incerteza era o Treze, que precisava apenas de um empate para se classificar. O ‘Clássico dos Maiorais’, disputado no Estádio Amigão, em Campina Grande, teve um primeiro tempo equilibrado e sem gols. O clima esquentou na etapa final e algumas oportunidades de gol foram criadas, porém todas elas sem sucesso.

Santa Cruz 1 x 2 CSP
O CSP entrou com a missão de vencer o já eliminado Santa Cruz. Caso perdesse ou empatasse com time de Santa Rita, o CSP teria que contar com um tropeço do Esporte de Patos para se classificar. O CSP abriu o placar ainda no segundo minuto do primeiro tempo, com Felipe. Aos 28, de pênalti, Bruno Paraíba aumentou a vantagem. Três minutos depois, Isaías diminuiu para o Santa. O segundo tempo não teve gols.

Sousa 3 x 1 Atlético
O Sousa também pegou um time que já não tinha chance de classificação, mas precisava vencer e torcer por uma derrota do Paraíba ou Auto Esporte. Apesar de parecer bem cansado, o Sousa conseguiu abrir o placar ao final do primeiro tempo, em pênalti cobrado por Manu. Na primeira etapa, o Atlético não criou oportunidades de gol. Porém, aos 14 minutos da segunda etapa, Douglas deixou tudo igual no Estádio Marizão. Minutos depois, Manu marcou o segundo e reascendeu as esperanças do Dinossauro. Aos 30 minutos, Reginaldo ampliou a vantagem para o Sousa e concretizou a classificação do clube.

Paraíba 4 x 0 Esporte
O Paraíba de Cajazeiras precisava apenas vencer para seguir com o sonho do título na Série A, enquanto o Esporte de Patos dependia da própria vitória e de um fracasso do CSP. Logo no início da partida, que aconteceu no Estádio Perpetão, em Cajazeiras, o médico precisou se ausentar do estádio e o jogo foi paralisado. O confronto foi retomado aos 15 minutos e seguiu morno até o fim da primeira etapa, quando Ramon marcou para o Paraíba. No segundo tempo, aos 25 minutos, França ainda aumentou para o Paraíba. O jogo voltou a ser interrompido aos 33, também por falta de ambulância no Estádio. A partida só foi retomada quase 20 minutos depois. Nos últimos 12 minutos da partida, França e Téo marcaram e fecharam a goleada do Paraíba.
Portalcorreio

Este domingo (27) foi de rodada decisiva no Campeonato Paraibano 2016. Dos 10 times que entraram em campo, seis lutaram pela classificação para a próxima fase. Conseguiram o passaporte para o mata-mata Botafogo, Campinense, CSP, Paraíba de Cajazeiras, Sousa e Treze. Atlético de Cajazeiras, Santa Cruz de Santa Rita, Auto Esporte e Esporte de Patos se enfrentam no quadrangular da morte para evitar o rebaixamento. Veja, mais abaixo, como foram os jogos deste domingo.
Vão duelar no mata-mata Campinense e Treze; Paraíba e CSP; e Botafogo e Sousa. Os vencedores avançam para as semifinais, junto com o time de melhor desempenho no quadrangular da morte. A disputa entre os perdedores na primeira fase do Paraibano será em jogos de ida e volta. Os dois últimos colocados neste grupo serão rebaixados para a Série B do Estadual.
As datas dos confrontos do mata-mata e do quadrangular da morte ainda não foram definidas pela Federação Paraibana de Futebol.

Botafogo 5 x 1 Auto Esporte
O Botafogo-PB entrou em campo apenas para cumprir tabela, pois já havia garantido sua classificação com várias rodadas de antecedência. Já o Auto Esporte precisava vencer para garantir uma vaga na próxima fase. Porém, o time falhou nessa missão e viu o alvinegro abrir dois gols de vantagem nos primeiros 30 minutos de partida, com Warley, de pênalti, e Pingo. No início do segundo, Isac Buiú diminuiu para o Auto, em cobrança de pênalti. Mas o dia era mesmo do Botafogo. Aos 16 minutos, Jefferson fez o terceiro do Belo. E aos 31, em mais um pênalti, Marcinho fez o quarto do alvinegro. Nos acréscimos, virou passeio no Almeidão, com mais um gol de Marcinho.

Campinense 0 x 0 Treze
Assim como Botafogo, o Campinense já tinha vaga garantida no mata-mata. A incerteza era o Treze, que precisava apenas de um empate para se classificar. O ‘Clássico dos Maiorais’, disputado no Estádio Amigão, em Campina Grande, teve um primeiro tempo equilibrado e sem gols. O clima esquentou na etapa final e algumas oportunidades de gol foram criadas, porém todas elas sem sucesso.

Santa Cruz 1 x 2 CSP
O CSP entrou com a missão de vencer o já eliminado Santa Cruz. Caso perdesse ou empatasse com time de Santa Rita, o CSP teria que contar com um tropeço do Esporte de Patos para se classificar. O CSP abriu o placar ainda no segundo minuto do primeiro tempo, com Felipe. Aos 28, de pênalti, Bruno Paraíba aumentou a vantagem. Três minutos depois, Isaías diminuiu para o Santa. O segundo tempo não teve gols.

Sousa 3 x 1 Atlético
O Sousa também pegou um time que já não tinha chance de classificação, mas precisava vencer e torcer por uma derrota do Paraíba ou Auto Esporte. Apesar de parecer bem cansado, o Sousa conseguiu abrir o placar ao final do primeiro tempo, em pênalti cobrado por Manu. Na primeira etapa, o Atlético não criou oportunidades de gol. Porém, aos 14 minutos da segunda etapa, Douglas deixou tudo igual no Estádio Marizão. Minutos depois, Manu marcou o segundo e reascendeu as esperanças do Dinossauro. Aos 30 minutos, Reginaldo ampliou a vantagem para o Sousa e concretizou a classificação do clube.

Paraíba 4 x 0 Esporte
O Paraíba de Cajazeiras precisava apenas vencer para seguir com o sonho do título na Série A, enquanto o Esporte de Patos dependia da própria vitória e de um fracasso do CSP. Logo no início da partida, que aconteceu no Estádio Perpetão, em Cajazeiras, o médico precisou se ausentar do estádio e o jogo foi paralisado. O confronto foi retomado aos 15 minutos e seguiu morno até o fim da primeira etapa, quando Ramon marcou para o Paraíba. No segundo tempo, aos 25 minutos, França ainda aumentou para o Paraíba. O jogo voltou a ser interrompido aos 33, também por falta de ambulância no Estádio. A partida só foi retomada quase 20 minutos depois. Nos últimos 12 minutos da partida, França e Téo marcaram e fecharam a goleada do Paraíba.
Portalcorreio