Rio de Janeiro registra primeiro casamento poliafetivo do Brasil

casal3O primeiro casamento poliafetivo do Rio com duas mulheres e um homem foi assinado na última sexta, às 11h, no 15º Ofício de Notas, no Rio, da tabeliã Fernanda Leitão.
O funcionário público Leandro Jonattan da Silva Sampaio, 33 anos, Thais Souza de Oliveira, 21, dona de casa, e Yasmin Nepomuceno da Cruz, 21, estudante de técnica de enfermagem, decidiram oficializar a união para facilitar direitos que podem ter em comum, como plano de saúde.
Os três moram juntos em Madureira, onde nasceram, em uma casa de um quarto. Querem vendê-la para aumentar a família. É que Yasmin pretende engravidar e pôr os nomes dos três na certidão de nascimento da criança. — Eu não quero ofender ninguém. É só estilo, uma opção de vida — disse Leandro à Ana Cláudia Guimarães, da turma da coluna.
24 Horas

casal3O primeiro casamento poliafetivo do Rio com duas mulheres e um homem foi assinado na última sexta, às 11h, no 15º Ofício de Notas, no Rio, da tabeliã Fernanda Leitão.
O funcionário público Leandro Jonattan da Silva Sampaio, 33 anos, Thais Souza de Oliveira, 21, dona de casa, e Yasmin Nepomuceno da Cruz, 21, estudante de técnica de enfermagem, decidiram oficializar a união para facilitar direitos que podem ter em comum, como plano de saúde.
Os três moram juntos em Madureira, onde nasceram, em uma casa de um quarto. Querem vendê-la para aumentar a família. É que Yasmin pretende engravidar e pôr os nomes dos três na certidão de nascimento da criança. — Eu não quero ofender ninguém. É só estilo, uma opção de vida — disse Leandro à Ana Cláudia Guimarães, da turma da coluna.
24 Horas