Real Madrid vence o Atlético nos pênaltis e conquista seu 11º título da Liga dos Campeões

Em um duelo para lá de emocionante, o Real venceu o Atlético nos pênaltis e conquistou a Liga dos Campeões. A vitória representou o 11º título do time merengue na competição.
O Real abriu o placar logo no início do jogo, aos 14 minutos. Kroos cruzou, Bale desviou de cabeça e Sergio Ramos chutou entre as pernas do goleiro Jan Oblak.
O torcedor do Atlético ainda teve mais um teste para o coração. Fernando Torres sofreu pênalti de Pepe, Griezmann bateu e perdeu. Diego Simeone consolou Griezmann após o pênalti perdido. O técnico, inclusive, gritou muito com seus jogadores à beira do gramado durante a partida.
Aos 32 minutos do segundo tempo, Cristiano recebeu de Bale e perdeu aquele que poderia ser o gol do título. E, como dizem, quem não faz, leva.
No minuto seguinte, Carrasco recebeu de Juanfran, empatou o jogo e fez a alegria da torcida do Atlético. O gol foi muito comemorado pela equipe.
A partida terminou empatada em 1 a 1 no tempo normal e foi à prorrogação. Os jogadores do Atlético se reuniram no centro do gramado antes do início da etapa complementar. A prorrogação terminou sem gols e a partida foi decidida nos pênaltis.
Juanfran chutou na trave e desperdiçou a cobrança. Cristiano Ronaldo, que não teve boa atuação durante o tempo normal, bateu o último pênalti e deu o título ao Real Madrid.
Portalcorreio

Em um duelo para lá de emocionante, o Real venceu o Atlético nos pênaltis e conquistou a Liga dos Campeões. A vitória representou o 11º título do time merengue na competição.
O Real abriu o placar logo no início do jogo, aos 14 minutos. Kroos cruzou, Bale desviou de cabeça e Sergio Ramos chutou entre as pernas do goleiro Jan Oblak.
O torcedor do Atlético ainda teve mais um teste para o coração. Fernando Torres sofreu pênalti de Pepe, Griezmann bateu e perdeu. Diego Simeone consolou Griezmann após o pênalti perdido. O técnico, inclusive, gritou muito com seus jogadores à beira do gramado durante a partida.
Aos 32 minutos do segundo tempo, Cristiano recebeu de Bale e perdeu aquele que poderia ser o gol do título. E, como dizem, quem não faz, leva.
No minuto seguinte, Carrasco recebeu de Juanfran, empatou o jogo e fez a alegria da torcida do Atlético. O gol foi muito comemorado pela equipe.
A partida terminou empatada em 1 a 1 no tempo normal e foi à prorrogação. Os jogadores do Atlético se reuniram no centro do gramado antes do início da etapa complementar. A prorrogação terminou sem gols e a partida foi decidida nos pênaltis.
Juanfran chutou na trave e desperdiçou a cobrança. Cristiano Ronaldo, que não teve boa atuação durante o tempo normal, bateu o último pênalti e deu o título ao Real Madrid.
Portalcorreio