Brasil vence Panamá no último amistoso antes da Copa América

O Brasil encarou o Panamá na noite deste domingo, no Estádio Dick’s Sporting Goods Park, em Denver. Jogo serviu como último teste para a disputa da Copa América, que será disputada nos Estados Unidos. Em ritmo de treino, seleção brasileira venceu por 2 a 0, com um gol em cada tempo. Jonas marcou no primeiro e o estreante Gabigol deixou o dele na etapa final.
A seleção brasileira está no Grupo B da Copa América do Centenário, ao lado de Haiti, Equador e Peru. Primeiro confronto do Brasil será contra os equatorianos, no próximo sábado, às 23h, no Estádio Rose Bowl.

O JOGO
O Brasil começou com tudo e na primeira descida ao ataque, com menos de dois minutos de partida abriu o placar. Douglas Santos cruzou rasteiro, Elias desviou e Jonas bateu firme para estufar a rede adversária. Seleção brasileira tinha maior posse de bole e com paciência criava as oportunidades de gol. Aos oito, Philippe Coutinho fez bela jogada individual, soltou a bomba e obrigou Penedo a praticar grande defesa.
Com 12 minutos, Elias arrancou bem pela direita e achou Renato Augusto livre, mas meia bateu para fora. Apostando nas jogadas individuais, o Brasil conseguiu achar boas faltas perto da área. Em uma delas, Daniel Alves bateu no ângulo, mas viu Penedo se esticar todo para evitar o segundo gol brasileiro.
Lateral-direito também levava perigo com seus cruzamentos. Aos 31, Daniel Alves mandou na cabeça de Renato Augusto que quase ampliou de cabeça. O destaque brasileiro na primeira etapa era Phillipe Coutinho. Todas as jogadas perigosas passavam pelos pés do armador. Antes do fim da primeira etapa, o meio-campo arriscou de fora da área e quase marcou um lindo gol.
Etapa final de partida começou pegada, com as duas seleções fazendo muitas faltas. Antes dos cinco minutos, o juiz já tinha dado um cartão para cada equipe. A primeira chance clara foi do Brasil, com Hulk. Após cruzamento de Coutinho, atacante que entrou no intervalo cabeceou forte, mas parou nas mãos de Penedo.
Os brasileiros diminuíram o ritmo no segundo tempo de partida e jogo ficou pegado no meio-campo, sem grandes chances para ambos os lados. Com 18, Dunga colocou Gabriel e Lucas Lima na equipe e mudanças surtiram efeito. Nove minutos depois, o atacante santista mostrou que tem estrela e ampliou o placar, em sua estreia pela seleção. Após confusão na área, bola sobrou para o camisa 11 que teve calma e só tirou de Penedo.
Com a vantagem de dois gols, o Brasil passou a trabalhar mais a bola e trocar passes. Ainda sim, Kaká quase fez o terceiro, mas Penedo fez outra grande defesa. No último lance da partida, o Panamá até tentou uma investida, mas Alisson estava ligado e saiu bem do gol. Com a vitória por 2 a 0, equipe brasileira volta aos treinos, visando estreia na Copa América contra o Equador.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 PANAMÁ
Local: Dick’s Sporting Goods Park, em Denver (EUA)
Data/hora: 29 de maio de 2016, às 22h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Armando Castro (HON)
Auxiliares: Jesús Tábora (HON) e Omar Leiva (HON)
Cartões amarelos: Willian, Daniel Alves, Gil e Miranda (BRA); Amílcar Henríquez e Aníbal Godoy (PAN)
Cartão vermelho: Não houve
Gols: Jonas, 01’/1ºT (1-0); Gabriel, 27’/2ºT (2-0)

BRASIL: Alisson; Daniel Alves (Fabinho, 31’/2°T), Gil, Miranda e Douglas Santos; Luiz Gustavo (Hulk, intervalo), Elias, Willian (Lucas Lima, 18’/2°T), Renato Augusto (Rodrigo Caio, 33’/2°T) e Philippe Coutinho (Kaká, 35’/2°T); Jonas (Gabriel, 18’/2°T). Técnico: Dunga.

PANAMÁ: Penedo; Machado, Baloy, Miller e Luis Henríquez (Pimentel, intervalo); Gómez, Cooper (Alberto Quintero, intervalo), Amílcar Henríquez (Aníbal Godoy, intervalo) e Buitrago (Cummings, intervalo); Luis Tejada (Blas Pérez, intervalo) e Camargo (Arroyo, 32’/2°T). Técnico: Hernán Gomez.
MSN

O Brasil encarou o Panamá na noite deste domingo, no Estádio Dick’s Sporting Goods Park, em Denver. Jogo serviu como último teste para a disputa da Copa América, que será disputada nos Estados Unidos. Em ritmo de treino, seleção brasileira venceu por 2 a 0, com um gol em cada tempo. Jonas marcou no primeiro e o estreante Gabigol deixou o dele na etapa final.
A seleção brasileira está no Grupo B da Copa América do Centenário, ao lado de Haiti, Equador e Peru. Primeiro confronto do Brasil será contra os equatorianos, no próximo sábado, às 23h, no Estádio Rose Bowl.

O JOGO
O Brasil começou com tudo e na primeira descida ao ataque, com menos de dois minutos de partida abriu o placar. Douglas Santos cruzou rasteiro, Elias desviou e Jonas bateu firme para estufar a rede adversária. Seleção brasileira tinha maior posse de bole e com paciência criava as oportunidades de gol. Aos oito, Philippe Coutinho fez bela jogada individual, soltou a bomba e obrigou Penedo a praticar grande defesa.
Com 12 minutos, Elias arrancou bem pela direita e achou Renato Augusto livre, mas meia bateu para fora. Apostando nas jogadas individuais, o Brasil conseguiu achar boas faltas perto da área. Em uma delas, Daniel Alves bateu no ângulo, mas viu Penedo se esticar todo para evitar o segundo gol brasileiro.
Lateral-direito também levava perigo com seus cruzamentos. Aos 31, Daniel Alves mandou na cabeça de Renato Augusto que quase ampliou de cabeça. O destaque brasileiro na primeira etapa era Phillipe Coutinho. Todas as jogadas perigosas passavam pelos pés do armador. Antes do fim da primeira etapa, o meio-campo arriscou de fora da área e quase marcou um lindo gol.
Etapa final de partida começou pegada, com as duas seleções fazendo muitas faltas. Antes dos cinco minutos, o juiz já tinha dado um cartão para cada equipe. A primeira chance clara foi do Brasil, com Hulk. Após cruzamento de Coutinho, atacante que entrou no intervalo cabeceou forte, mas parou nas mãos de Penedo.
Os brasileiros diminuíram o ritmo no segundo tempo de partida e jogo ficou pegado no meio-campo, sem grandes chances para ambos os lados. Com 18, Dunga colocou Gabriel e Lucas Lima na equipe e mudanças surtiram efeito. Nove minutos depois, o atacante santista mostrou que tem estrela e ampliou o placar, em sua estreia pela seleção. Após confusão na área, bola sobrou para o camisa 11 que teve calma e só tirou de Penedo.
Com a vantagem de dois gols, o Brasil passou a trabalhar mais a bola e trocar passes. Ainda sim, Kaká quase fez o terceiro, mas Penedo fez outra grande defesa. No último lance da partida, o Panamá até tentou uma investida, mas Alisson estava ligado e saiu bem do gol. Com a vitória por 2 a 0, equipe brasileira volta aos treinos, visando estreia na Copa América contra o Equador.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 PANAMÁ
Local: Dick’s Sporting Goods Park, em Denver (EUA)
Data/hora: 29 de maio de 2016, às 22h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Armando Castro (HON)
Auxiliares: Jesús Tábora (HON) e Omar Leiva (HON)
Cartões amarelos: Willian, Daniel Alves, Gil e Miranda (BRA); Amílcar Henríquez e Aníbal Godoy (PAN)
Cartão vermelho: Não houve
Gols: Jonas, 01’/1ºT (1-0); Gabriel, 27’/2ºT (2-0)

BRASIL: Alisson; Daniel Alves (Fabinho, 31’/2°T), Gil, Miranda e Douglas Santos; Luiz Gustavo (Hulk, intervalo), Elias, Willian (Lucas Lima, 18’/2°T), Renato Augusto (Rodrigo Caio, 33’/2°T) e Philippe Coutinho (Kaká, 35’/2°T); Jonas (Gabriel, 18’/2°T). Técnico: Dunga.

PANAMÁ: Penedo; Machado, Baloy, Miller e Luis Henríquez (Pimentel, intervalo); Gómez, Cooper (Alberto Quintero, intervalo), Amílcar Henríquez (Aníbal Godoy, intervalo) e Buitrago (Cummings, intervalo); Luis Tejada (Blas Pérez, intervalo) e Camargo (Arroyo, 32’/2°T). Técnico: Hernán Gomez.
MSN