Palmeiras vence o Grêmio em jogão no Pacaembu; veja placares do Brasileirão

Uma chuva de gols e duas viradas marcaram a vitória do Palmeiras sobre o Grêmio nesta quinta-feira (2), no Pacaembu, por 4 a 3, no que foi o melhor jogo do Campeonato Brasileiro até esta quinta rodada. Destaque da rodada também vai para o Flamengo, que venceu e chegou ao G4.

Longe da sua Arena por conta do show do cantor italiano Andrea Bocelli, o Palmeiras entrou em campo com a difícil missão de furar a defesa gremista, que até então não havia sofrido nenhum gol no Brasileirão. Mas, nem bem o juiz Marielson Alves apitou o início da partida e o time de Cuca quebrou essa marca, com Gabriel Jesus. O atacante recebeu passe milimétrico de Dudu na entrada da área e tocou na saída do goleiro Bruno Grassi. 1 a 0. Foi o 12º gol do artilheiro do Verdão na temporada.

A resposta do Grêmio veio aos 14 minutos, com linda jogada de Luan. Ele veio carregando a bola na intermediária, livrou-se da marcação de dois palmeirenses e bateu colocado no canto esquerdo de Fernando Prass. O chute passou tirando tinta da trave.

Após o susto, o Palmeiras ficou mais recuado. Já o Grêmio trabalhava a bola no campo de ataque apostando na movimentação de seus jogadores. E assim chegou mais uma vez perto do empate. Marcelo Hermes cruzou da esquerda, Giuliano escorou dentro da área, mas Everton finalizou por cima do gol do Palmeiras.

O time paulista só conseguiu voltar ao ataque aos 30 minutos. Dudu cruzou da esquerda, a zaga do Grêmio não cortou e a bola caiu nos pés de Gabriel Jesus. O garoto bateu rasteiro, mas Grassi defendeu. Na sequência foi a vez de Moisés soltar a bomba e tentar, sem sucesso, vencer o goleiro gremista.

Quando o primeiro tempo caminhava para o encerramento, nos acréscimos veio, enfim, o empate do Grêmio. Em lance bastante polêmico para a revolta dos palmeirenses. Após bola na área de Prass, Geromel desviou de cabeça e acertou o travessão; no rebote, Bressan, em posição irregular, chutou para o gol. A bola ainda desviou em Giuliano antes de entrar, mas Marielson Alves assinalou gol de Bressan. 1 a 1.

Empolgado com o gol de empate nos acréscimos da etapa inicial, o Grêmio partiu para cima do Palmeiras e buscou a virada no começo do segundo tempo. Na ponta direita, Edílson passou com drible da vaca por Moisés e cruzou rasteiro para Giuliano completar para o gol. 2 a 1.

A torcida gremista ainda fazia a festa no Pacaembu quando Roger Guedes marcou um golaço, de costas, para empatar. 2 a 2. Ficou só a dúvida se a jogada foi, ou não, intencional. E o vira-virou do Palmeiras pintou aos 27 minutos após cobrança de escanteio. Vitor Hugo, de cabeça. 3 a 2.

Mas teve mais! Na marca de 38 minutos, após cobrança de falta de Dudu, Thiago Santos apareceu para aumentar o marcador. 4 a 2 para o Palmeiras. E, antes do apito final, Edilson arriscou de fora da área e descontou para o Grêmio. Fim do jogo. Palmeiras 4 x 3 Grêmio.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 9 pontos e encostou no Grêmio, vice-líder, com 10. Na próxima rodada o time paulista enfrenta o Flamengo em Brasília enquanto que o tricolor gaúcho recebe a Ponte em Porto Alegre.

Outros resultados

América-MG 1 x 2 Ponte Preta

Flamengo 1 x 0 Vitória
R7

Uma chuva de gols e duas viradas marcaram a vitória do Palmeiras sobre o Grêmio nesta quinta-feira (2), no Pacaembu, por 4 a 3, no que foi o melhor jogo do Campeonato Brasileiro até esta quinta rodada. Destaque da rodada também vai para o Flamengo, que venceu e chegou ao G4.

Longe da sua Arena por conta do show do cantor italiano Andrea Bocelli, o Palmeiras entrou em campo com a difícil missão de furar a defesa gremista, que até então não havia sofrido nenhum gol no Brasileirão. Mas, nem bem o juiz Marielson Alves apitou o início da partida e o time de Cuca quebrou essa marca, com Gabriel Jesus. O atacante recebeu passe milimétrico de Dudu na entrada da área e tocou na saída do goleiro Bruno Grassi. 1 a 0. Foi o 12º gol do artilheiro do Verdão na temporada.

A resposta do Grêmio veio aos 14 minutos, com linda jogada de Luan. Ele veio carregando a bola na intermediária, livrou-se da marcação de dois palmeirenses e bateu colocado no canto esquerdo de Fernando Prass. O chute passou tirando tinta da trave.

Após o susto, o Palmeiras ficou mais recuado. Já o Grêmio trabalhava a bola no campo de ataque apostando na movimentação de seus jogadores. E assim chegou mais uma vez perto do empate. Marcelo Hermes cruzou da esquerda, Giuliano escorou dentro da área, mas Everton finalizou por cima do gol do Palmeiras.

O time paulista só conseguiu voltar ao ataque aos 30 minutos. Dudu cruzou da esquerda, a zaga do Grêmio não cortou e a bola caiu nos pés de Gabriel Jesus. O garoto bateu rasteiro, mas Grassi defendeu. Na sequência foi a vez de Moisés soltar a bomba e tentar, sem sucesso, vencer o goleiro gremista.

Quando o primeiro tempo caminhava para o encerramento, nos acréscimos veio, enfim, o empate do Grêmio. Em lance bastante polêmico para a revolta dos palmeirenses. Após bola na área de Prass, Geromel desviou de cabeça e acertou o travessão; no rebote, Bressan, em posição irregular, chutou para o gol. A bola ainda desviou em Giuliano antes de entrar, mas Marielson Alves assinalou gol de Bressan. 1 a 1.

Empolgado com o gol de empate nos acréscimos da etapa inicial, o Grêmio partiu para cima do Palmeiras e buscou a virada no começo do segundo tempo. Na ponta direita, Edílson passou com drible da vaca por Moisés e cruzou rasteiro para Giuliano completar para o gol. 2 a 1.

A torcida gremista ainda fazia a festa no Pacaembu quando Roger Guedes marcou um golaço, de costas, para empatar. 2 a 2. Ficou só a dúvida se a jogada foi, ou não, intencional. E o vira-virou do Palmeiras pintou aos 27 minutos após cobrança de escanteio. Vitor Hugo, de cabeça. 3 a 2.

Mas teve mais! Na marca de 38 minutos, após cobrança de falta de Dudu, Thiago Santos apareceu para aumentar o marcador. 4 a 2 para o Palmeiras. E, antes do apito final, Edilson arriscou de fora da área e descontou para o Grêmio. Fim do jogo. Palmeiras 4 x 3 Grêmio.

Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 9 pontos e encostou no Grêmio, vice-líder, com 10. Na próxima rodada o time paulista enfrenta o Flamengo em Brasília enquanto que o tricolor gaúcho recebe a Ponte em Porto Alegre.

Outros resultados

América-MG 1 x 2 Ponte Preta

Flamengo 1 x 0 Vitória
R7