“Recicla São João” ganha destaque no mês junino por desenvolver ações sustentáveis

lixoCGOs festejos d’O Maior São João do Mundo ganham destaque, principalmente, por suas atrações musicais e eventos paralelos. Entretanto, ações de caráter sustentável, desenvolvidas dentro do Parque do Povo, têm recebido elogios e chamado a atenção de campinenses e turistas que participam dos festejos. Entre essas ações está o projeto “Recicla São João”, desenvolvido pela gestão do prefeito Romero Rodrigues, sob a coordenação das secretarias municipais de Ciência, Tecnologia e Inovação, Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) e Desenvolvimento Econômico (Sede).

O Recicla São João, que será mantido até o último dia do Maior São João do Mundo (03 de julho) é realizado por 44 catadores integrantes de cooperativas de materiais recicláveis que são parceiras da Prefeitura Municipal nesse projeto: Catamais, Cotramare e Catacampina, além das associações Arensa e Cavi. O Projeto consiste em manter a limpeza das ruas do Parque do Povo, por meio da coleta segura dos materiais recicláveis, descartados pelos barraqueiros e donos de quiosques.

As ações pretendem assegurar a redução dos impactos, provocados pelos resíduos sólidos descartados, e promover a geração de ocupação e renda para os catadores das associações e cooperativas do município. Para fazer esse trabalho catadores receberam os Equipamentos de Proteção Individual (EPI´S), doados pelo Ministério Público do Trabalho, além de terem direito a alimentação e transporte. Eles também receberão um auxílio financeiro (R$ 450,00 por catador), como incentivo ao trabalho realizado.

O projeto mantém uma unidade fixa e um caminhão da Sesuma, ambos instalados no Parque do Povo, em frente à Pirâmide, que permanecerá durante os 31 dias da festa. Outro auxílio foi a instalação de 160 lixeiras e 80 tonéis em toda a área da festa para manter o espaço limpo e facilitar a coleta dos resíduos.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Cassiano Pascoal, disse que o Recicla São João tem o intuito de integrar os catadores à festa, tornando-a um evento de caráter sustentável. Já a catadora Maria do Socorro Barbosa disse ser maravilhoso o trabalho do Recicla São João. “A Prefeitura disponibilizou tudo, desde o transporte à alimentação, em 15 dias tiramos mil toneladas de materiais recicláveis, conseguimos fazer uma renda extra nesse período” disse a catadora.

lixoCGOs festejos d’O Maior São João do Mundo ganham destaque, principalmente, por suas atrações musicais e eventos paralelos. Entretanto, ações de caráter sustentável, desenvolvidas dentro do Parque do Povo, têm recebido elogios e chamado a atenção de campinenses e turistas que participam dos festejos. Entre essas ações está o projeto “Recicla São João”, desenvolvido pela gestão do prefeito Romero Rodrigues, sob a coordenação das secretarias municipais de Ciência, Tecnologia e Inovação, Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) e Desenvolvimento Econômico (Sede).

O Recicla São João, que será mantido até o último dia do Maior São João do Mundo (03 de julho) é realizado por 44 catadores integrantes de cooperativas de materiais recicláveis que são parceiras da Prefeitura Municipal nesse projeto: Catamais, Cotramare e Catacampina, além das associações Arensa e Cavi. O Projeto consiste em manter a limpeza das ruas do Parque do Povo, por meio da coleta segura dos materiais recicláveis, descartados pelos barraqueiros e donos de quiosques.

As ações pretendem assegurar a redução dos impactos, provocados pelos resíduos sólidos descartados, e promover a geração de ocupação e renda para os catadores das associações e cooperativas do município. Para fazer esse trabalho catadores receberam os Equipamentos de Proteção Individual (EPI´S), doados pelo Ministério Público do Trabalho, além de terem direito a alimentação e transporte. Eles também receberão um auxílio financeiro (R$ 450,00 por catador), como incentivo ao trabalho realizado.

O projeto mantém uma unidade fixa e um caminhão da Sesuma, ambos instalados no Parque do Povo, em frente à Pirâmide, que permanecerá durante os 31 dias da festa. Outro auxílio foi a instalação de 160 lixeiras e 80 tonéis em toda a área da festa para manter o espaço limpo e facilitar a coleta dos resíduos.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Cassiano Pascoal, disse que o Recicla São João tem o intuito de integrar os catadores à festa, tornando-a um evento de caráter sustentável. Já a catadora Maria do Socorro Barbosa disse ser maravilhoso o trabalho do Recicla São João. “A Prefeitura disponibilizou tudo, desde o transporte à alimentação, em 15 dias tiramos mil toneladas de materiais recicláveis, conseguimos fazer uma renda extra nesse período” disse a catadora.