Negretti deseja voltar a atuar no meio de campo do Campinense

A chegada do treinador Paulo Moroni ao Campinense reacendeu no volante Negretti o desejo de voltar a atuar no setor de meio de campo. Improvisado por Diá durante boa parte da temporada na lateral direta, o jogador já conversou com o novo comandante rubro-negro e expôs sua preferência em jogar à frente da dupla de zaga.

Apesar da preferência e da ansiedade em ter novas oportunidades no setor do meio de campo, Negretti deixou claro que o intuito maior é ajudar o time e, caso tenha que seguir jogando pelo lado direito, não vai fazer nenhuma objeção.

– Temos que estar preparados para todas as situações. O professor Diá optou muitas vezes por me colocar na direita, e o treinador que chegou agora também, mas é claro que ter uma oportunidade no meio seria muito bom. É sempre importante voltar para nossa posição, e isso já conversei com o novo professor – disse Negretti.

Na época de Francisco Diá, Negretti passou a ser improvisado na lateral direita após Paulinho, titular na posição, sofrer uma lesão na coxa e ficar afastado por aproximadamente três semanas. Mesmo depois de Paulinho se recuperar, o então treinador da Raposa manteve o volante pelo lado direito, e assim o jogador seguiu como dono da posição na reta final da Copa do Nordeste e do Campeonato Paraibano.

Mesmo após a saída de Diá, as coisas parecem que não vão mudar muito. Isso porque na última partida da Raposa, diante do Fluminense de Feira de Santana, já sob o comando de Paulo Moroni, o volante voltou a ser escalado na lateral direita, e a tendência maior é que ele atue na mesma posição na partida de volta contra os baianos, em Campina Grande, no próximo domingo.

Enquanto isso, os dois laterais-direitos do elenco ainda esperam por uma oportunidade e não sabem se vestirão a camisa do Campinense ainda em 2016. Tanto David Modesto quanto Paulinho já estão recuperados de suas lesões e liberados pelo departamento médico para atuar durante 90 minutos.

Globo Esporte

A chegada do treinador Paulo Moroni ao Campinense reacendeu no volante Negretti o desejo de voltar a atuar no setor de meio de campo. Improvisado por Diá durante boa parte da temporada na lateral direta, o jogador já conversou com o novo comandante rubro-negro e expôs sua preferência em jogar à frente da dupla de zaga.

Apesar da preferência e da ansiedade em ter novas oportunidades no setor do meio de campo, Negretti deixou claro que o intuito maior é ajudar o time e, caso tenha que seguir jogando pelo lado direito, não vai fazer nenhuma objeção.

– Temos que estar preparados para todas as situações. O professor Diá optou muitas vezes por me colocar na direita, e o treinador que chegou agora também, mas é claro que ter uma oportunidade no meio seria muito bom. É sempre importante voltar para nossa posição, e isso já conversei com o novo professor – disse Negretti.

Na época de Francisco Diá, Negretti passou a ser improvisado na lateral direita após Paulinho, titular na posição, sofrer uma lesão na coxa e ficar afastado por aproximadamente três semanas. Mesmo depois de Paulinho se recuperar, o então treinador da Raposa manteve o volante pelo lado direito, e assim o jogador seguiu como dono da posição na reta final da Copa do Nordeste e do Campeonato Paraibano.

Mesmo após a saída de Diá, as coisas parecem que não vão mudar muito. Isso porque na última partida da Raposa, diante do Fluminense de Feira de Santana, já sob o comando de Paulo Moroni, o volante voltou a ser escalado na lateral direita, e a tendência maior é que ele atue na mesma posição na partida de volta contra os baianos, em Campina Grande, no próximo domingo.

Enquanto isso, os dois laterais-direitos do elenco ainda esperam por uma oportunidade e não sabem se vestirão a camisa do Campinense ainda em 2016. Tanto David Modesto quanto Paulinho já estão recuperados de suas lesões e liberados pelo departamento médico para atuar durante 90 minutos.

Globo Esporte