Belo estreia bem na 3ª fase da Copa do Brasil e vence o Ceará por 3 a 0 na Capital

Nesta quarta-feira (13), o Botafogo-PB jogou, pela primeira vez na história do clube, em uma terceira fase da Copa do Brasil. No campo no estádio Almeidão, em João Pessoa, diante do Ceará, a data histórica para o time paraibano ficará marcada na lembrança dos torcedores após uma expressiva vitória do Belo por 3 a 0, conquistando uma boa vantagem para o jogo de volta, em Fortaleza.

O Ceará começou um pouco melhor do que o Botafogo, mas o time paraibano que abriu o placar, logo aos quatro minutos. João Paulo cruzou na pequena área, a zaga do Vozão se atrapalhou e Sandro colocou para dentro, marcando contra.

Nos minutos seguintes, a equipe cearense tentou reagir e manter maior posse de bola. As iniciativas dos visitantes, no entanto, encontravam forte marcação do Belo.

Aos 29 minutos, quando o Ceará parecia estar mais perto do empate, o time pessoense ampliou a diferença com um golaço de Plínio. O zagueiro recebeu na entrada da área, matou a bola bonito e soltou uma bomba que foi parar dentro das redes.

Uma confusão generalizada tomou conta do campo aos 40 minutos. Jéfferson Recife, do Belo, teria dado uma provocada em Tiago Cametá, que perdeu a cabeça e agrediu o rival. Cametá recebeu cartão vermelho e Recife levou amarelo. O Ceará ficou com um jogador a menos.

No segundo tempo, o Botafogo-PB começou tocando a bola, com calma, enquanto o Ceará observava. A falta de iniciativa do Vozão abriu brechas para o Belo marcar novamente. Aos 17 minutos, Pedro Castro cruzou na área, Rodrigo Silva tentou a conclusão, mas não chegou a tempo. Plínio, no entanto, deu um toque para marcar o segundo dele e o terceiro do time da casa.

O Belo seguiu tocando a bola com tranquilidade e segurou o resultado até o fim da partida. O time de João Pessoa pode perder por até dois gols de diferença no jogo de volta que ainda assim se classificará para a fase seguinte da competição.
Portalcorreio

Nesta quarta-feira (13), o Botafogo-PB jogou, pela primeira vez na história do clube, em uma terceira fase da Copa do Brasil. No campo no estádio Almeidão, em João Pessoa, diante do Ceará, a data histórica para o time paraibano ficará marcada na lembrança dos torcedores após uma expressiva vitória do Belo por 3 a 0, conquistando uma boa vantagem para o jogo de volta, em Fortaleza.

O Ceará começou um pouco melhor do que o Botafogo, mas o time paraibano que abriu o placar, logo aos quatro minutos. João Paulo cruzou na pequena área, a zaga do Vozão se atrapalhou e Sandro colocou para dentro, marcando contra.

Nos minutos seguintes, a equipe cearense tentou reagir e manter maior posse de bola. As iniciativas dos visitantes, no entanto, encontravam forte marcação do Belo.

Aos 29 minutos, quando o Ceará parecia estar mais perto do empate, o time pessoense ampliou a diferença com um golaço de Plínio. O zagueiro recebeu na entrada da área, matou a bola bonito e soltou uma bomba que foi parar dentro das redes.

Uma confusão generalizada tomou conta do campo aos 40 minutos. Jéfferson Recife, do Belo, teria dado uma provocada em Tiago Cametá, que perdeu a cabeça e agrediu o rival. Cametá recebeu cartão vermelho e Recife levou amarelo. O Ceará ficou com um jogador a menos.

No segundo tempo, o Botafogo-PB começou tocando a bola, com calma, enquanto o Ceará observava. A falta de iniciativa do Vozão abriu brechas para o Belo marcar novamente. Aos 17 minutos, Pedro Castro cruzou na área, Rodrigo Silva tentou a conclusão, mas não chegou a tempo. Plínio, no entanto, deu um toque para marcar o segundo dele e o terceiro do time da casa.

O Belo seguiu tocando a bola com tranquilidade e segurou o resultado até o fim da partida. O time de João Pessoa pode perder por até dois gols de diferença no jogo de volta que ainda assim se classificará para a fase seguinte da competição.
Portalcorreio