Hillary aparece com 9 pontos de vantagem sobre Trump em pesquisa

vantagemUma nova pesquisa CNN/ORC Poll mostra que Hillary Clinton está nove pontos à frente deDonald Trump na preferência dos eleitores para ocupar o cargo de presidente dos EUA. Os números mostram que ela teve um crescimento de 7% após a Convenção Nacional Democrata, na semana passada.
A pesquisa foi realizada entre os dias 29 e 31 de agosto com eleitores de todo o país.

Ela aponta que Hillary agora tem 52%, contra 43% de Trump. Quando incluídos dois candidatos independentes, os números de ambos caem, mas ela mantém vantagem, aparecendo com 45%, contra 37% de Trump, 9% de Gary Johnson e 5% de Jill Stein.

A CNN aponta ainda que Hillary melhorou alguns de seus índices de confiança junto aos eleitores. Antes 43% diziam que suas políticas levariam o país à direção certa, e agora são 48%. Além disso, 58% disseram que vão votar nela porque a apoiam, e não apenas para derrotar Trump. Antes da convenção esse índice era de 48%.

Entre os eleitores de Trump, 50% disseram que querem evitar uma vitória de Clinton a qualquer custo, mais do que os 47% que afirmam desejar realmente que ele ganhe.

Ainda de acordo com a pesquisa, os eleitores da democrata parecem mais decididos, com 44% afirmando que não irão mudar seu voto, contra 36% dos eleitores de Trump que dizem o mesmo, 99 dias antes da eleição de 8 de novembro.

Os efeitos das duas convenções partidárias sobre os candidatos também são nítidos em questões diretamente ligadas aos eventos. O número de eleitores que afirmam se sentirem mais decididos a votar em Clinton após a convenção democrata chega a 49%, o quarto maior índice que essa pergunta obteve desde o início das pesquisas CNN/ORC e Gallup, em 1984.

Na comparação dos discursos de aceitação da candidatura, Hillary também tem vantagem, com 44% considerando sua fala excelente ou boa, enquanto Trump obteve 40% de excelente ou bom no mesmo tópico.

Um ponto negativo após a convenção republicana foi a queda na percepção de que o partido poderia voltar a se tornar unido. Antes, 73% acreditavam que isso aconteceria, mas agora uma resposta positiva resposta foi dada por 66%.

Esta é a segunda pesquisa que mostra Hillary à frente após ser declarada oficialmente candidata pelo Partido Democrata. A primeira, divulgada no dia 29, foi realizada pelo Reuters/Ipsos e apontava seis pontos de vantagem, com 42% a 35%.

Após a convenção republicana e antes da democrata, Donald Trump apareceu na frente em outra pesquisa CNN/ORC, com 44% contra 39% de Hillary.
G1

vantagemUma nova pesquisa CNN/ORC Poll mostra que Hillary Clinton está nove pontos à frente deDonald Trump na preferência dos eleitores para ocupar o cargo de presidente dos EUA. Os números mostram que ela teve um crescimento de 7% após a Convenção Nacional Democrata, na semana passada.
A pesquisa foi realizada entre os dias 29 e 31 de agosto com eleitores de todo o país.

Ela aponta que Hillary agora tem 52%, contra 43% de Trump. Quando incluídos dois candidatos independentes, os números de ambos caem, mas ela mantém vantagem, aparecendo com 45%, contra 37% de Trump, 9% de Gary Johnson e 5% de Jill Stein.

A CNN aponta ainda que Hillary melhorou alguns de seus índices de confiança junto aos eleitores. Antes 43% diziam que suas políticas levariam o país à direção certa, e agora são 48%. Além disso, 58% disseram que vão votar nela porque a apoiam, e não apenas para derrotar Trump. Antes da convenção esse índice era de 48%.

Entre os eleitores de Trump, 50% disseram que querem evitar uma vitória de Clinton a qualquer custo, mais do que os 47% que afirmam desejar realmente que ele ganhe.

Ainda de acordo com a pesquisa, os eleitores da democrata parecem mais decididos, com 44% afirmando que não irão mudar seu voto, contra 36% dos eleitores de Trump que dizem o mesmo, 99 dias antes da eleição de 8 de novembro.

Os efeitos das duas convenções partidárias sobre os candidatos também são nítidos em questões diretamente ligadas aos eventos. O número de eleitores que afirmam se sentirem mais decididos a votar em Clinton após a convenção democrata chega a 49%, o quarto maior índice que essa pergunta obteve desde o início das pesquisas CNN/ORC e Gallup, em 1984.

Na comparação dos discursos de aceitação da candidatura, Hillary também tem vantagem, com 44% considerando sua fala excelente ou boa, enquanto Trump obteve 40% de excelente ou bom no mesmo tópico.

Um ponto negativo após a convenção republicana foi a queda na percepção de que o partido poderia voltar a se tornar unido. Antes, 73% acreditavam que isso aconteceria, mas agora uma resposta positiva resposta foi dada por 66%.

Esta é a segunda pesquisa que mostra Hillary à frente após ser declarada oficialmente candidata pelo Partido Democrata. A primeira, divulgada no dia 29, foi realizada pelo Reuters/Ipsos e apontava seis pontos de vantagem, com 42% a 35%.

Após a convenção republicana e antes da democrata, Donald Trump apareceu na frente em outra pesquisa CNN/ORC, com 44% contra 39% de Hillary.
G1