Para Vanderlei, acender a pira ‘é bem maior que ganhar medalha’

piraO principal momento da cerimônia de abertura dos Jogos do Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (5), foi protagonizado pelo ex-maratonista Vanderlei Cordeiro da Silva.
Responsável por acender a pira olímpica, ele disse que ficou muito emocionado e cheio de adrenalina. “É um momento único. Acho que não só para mim, mas para todos os esportistas brasileiros. Principalmente essa galera que vai nos representar. Estamos também na torcida para que eles possam realmente marcar um momento nos Jogos Olímpicos”, afirmou ao Globoesporte.com.
Quando perguntado sobre o que seria maior, ganhar um ouro ou acender a pira, ele foi enfático ao escolher a segunda opção: “É bem maior do que ganhar uma medalha”.
Na Olimpíada de Atenas, em 2004, Vanderlei liderava a maratona quando foi atrapalhado por um ex-padre e acabou ficando com o bronze.
MSN

piraO principal momento da cerimônia de abertura dos Jogos do Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (5), foi protagonizado pelo ex-maratonista Vanderlei Cordeiro da Silva.
Responsável por acender a pira olímpica, ele disse que ficou muito emocionado e cheio de adrenalina. “É um momento único. Acho que não só para mim, mas para todos os esportistas brasileiros. Principalmente essa galera que vai nos representar. Estamos também na torcida para que eles possam realmente marcar um momento nos Jogos Olímpicos”, afirmou ao Globoesporte.com.
Quando perguntado sobre o que seria maior, ganhar um ouro ou acender a pira, ele foi enfático ao escolher a segunda opção: “É bem maior do que ganhar uma medalha”.
Na Olimpíada de Atenas, em 2004, Vanderlei liderava a maratona quando foi atrapalhado por um ex-padre e acabou ficando com o bronze.
MSN