Ronaldo Leite diz que Romero abandonou o Centenário e a obra do canal de Santa Rosa

O ex-candidato a vereador Ronaldo Leite (que rompeu com o PDT para não apoiar uma candidatura não identificada com Campina Grande) afirma que o atual prefeito Romero Rodrigues (PSDB) abandonou completamente o bairro do Centenário, durante a sua gestão. Além de outros assuntos, ele se refere especificamente a ausência de equipamentos de saúde, infraestrutura nas ruas do bairro e principalmente iluminação pública, já que sua falta agrava a insegurança no setor.
“É inadmissível que um gestor eleito com parte substancial do eleitorado do Centenário, deixe os seus moradores num total e completo abandono em que se encontra aquele setor habitacional de Campina Grande. Um desses exemplos é o CAPS – Centro de Assistência Psicossocial – que além de não dispor de uma infraestrutura adequada, não tem medicamento, a disponibilidade de médicos é escassa, isso sem falar na estrutura física do local, que oferece risco aos usuários daquele centro de terapia mental”, comentou Ronaldo Leite.

SANTA ROSA
No que se refere ao bairro de Santa Rosa, Ronaldo Leite, na condição de presidente nacional da ABRACP, protocolou no Ministério Público Federal uma ação contra o prefeito Romero Rodrigues pelo abandono em que deixou a obra do canal de Santa Rosa (equipamento de fundamental importância para o bairro) mesmo tendo recebido recursos da ordem de R$ 9 milhões e meio do Governo Federal para a execução do trabalho.
“Não se admite que uma obra prevista para ser concluída em julho de 2014 esteja totalmente abandonada, como está o canal de Santa Rosa, quando o Ministério da Integração Nacional liberou todo o dinheiro referente a sua construção e o prefeito simplesmente não disse onde aplicou essa verba, quando se sabe que apenas 44% do canal foi construído (913 metros) ficando os outros 66% (1.025 metros) totalmente abandonado. Daí ter, a ABRACP, através do seu presidente, provocado o Ministério Público, para que investigue e apure se houve ou não desvio de recursos”, completou Ronaldo.
Ronaldo Leite era candidato a vereador pelo PDT, mas desistiu da campanha por não concordar com os rumos do partido. Ele agora apoia o candidato a vereador Wilton Maia (PTN) e o candidato a prefeito Veneziano Vital (PMDB). Ele firmou parceria com Wilton Maia e acredita que ele vai, quando chegar à Câmara Municipal, assumir todas as suas bandeiras de luta e cobrar do futuro gestor melhorias para os dois bairros citados, e principalmente a conclusão da obra do canal de Santa Rosa.

Assessoria de Wilton Maia
Vereador 19500

O ex-candidato a vereador Ronaldo Leite (que rompeu com o PDT para não apoiar uma candidatura não identificada com Campina Grande) afirma que o atual prefeito Romero Rodrigues (PSDB) abandonou completamente o bairro do Centenário, durante a sua gestão. Além de outros assuntos, ele se refere especificamente a ausência de equipamentos de saúde, infraestrutura nas ruas do bairro e principalmente iluminação pública, já que sua falta agrava a insegurança no setor.
“É inadmissível que um gestor eleito com parte substancial do eleitorado do Centenário, deixe os seus moradores num total e completo abandono em que se encontra aquele setor habitacional de Campina Grande. Um desses exemplos é o CAPS – Centro de Assistência Psicossocial – que além de não dispor de uma infraestrutura adequada, não tem medicamento, a disponibilidade de médicos é escassa, isso sem falar na estrutura física do local, que oferece risco aos usuários daquele centro de terapia mental”, comentou Ronaldo Leite.

SANTA ROSA
No que se refere ao bairro de Santa Rosa, Ronaldo Leite, na condição de presidente nacional da ABRACP, protocolou no Ministério Público Federal uma ação contra o prefeito Romero Rodrigues pelo abandono em que deixou a obra do canal de Santa Rosa (equipamento de fundamental importância para o bairro) mesmo tendo recebido recursos da ordem de R$ 9 milhões e meio do Governo Federal para a execução do trabalho.
“Não se admite que uma obra prevista para ser concluída em julho de 2014 esteja totalmente abandonada, como está o canal de Santa Rosa, quando o Ministério da Integração Nacional liberou todo o dinheiro referente a sua construção e o prefeito simplesmente não disse onde aplicou essa verba, quando se sabe que apenas 44% do canal foi construído (913 metros) ficando os outros 66% (1.025 metros) totalmente abandonado. Daí ter, a ABRACP, através do seu presidente, provocado o Ministério Público, para que investigue e apure se houve ou não desvio de recursos”, completou Ronaldo.
Ronaldo Leite era candidato a vereador pelo PDT, mas desistiu da campanha por não concordar com os rumos do partido. Ele agora apoia o candidato a vereador Wilton Maia (PTN) e o candidato a prefeito Veneziano Vital (PMDB). Ele firmou parceria com Wilton Maia e acredita que ele vai, quando chegar à Câmara Municipal, assumir todas as suas bandeiras de luta e cobrar do futuro gestor melhorias para os dois bairros citados, e principalmente a conclusão da obra do canal de Santa Rosa.

Assessoria de Wilton Maia
Vereador 19500