Suplente com um voto é convocada para assumir vaga de vereadora

Com apenas um voto, Aline de Oliveira Souza (PSD) tomará posse na próxima segunda-feira (5) como vereadora em Dracena. O ato formal de convocação da primeira suplente do Partido Social Democrático foi editado na noite desta segunda-feira (29) pela Mesa Diretora, acatou decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e seguiu determinação do juiz da 149ª Zona Eleitoral da Comarca de Dracena, Marcus Frazão Frota.
Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Aline foi a menos votada entre os 109 candidatos que disputaram uma cadeira no Poder Legislativo da cidade nas eleições municipais de 2012. Ela ficou empatada com Elyara Dias de Morais Rossi, que também teve apenas um voto na ocasião pelo PV.
A nova vereadora ocupará o lugar deixado por Rodrigo Castilho, que teve o mandato cassado pelo TRE por infidelidade partidária, no dia 15 de agosto, por ter saído do PSD e se filiado ao PSDB fora do prazo legal. Também segundo o TSE, ele foi o quinto candidato mais votado em 2012, com 975 votos.
De acordo com o Poder Legislativo, em certidão encaminhada pelo Cartório Eleitoral da cidade, Aline é apontada como a “única vereadora suplente eleita pelo PSD nas eleições de 2012 que ainda se mantém filiada ao partido”.
“A Secretaria da Câmara já expediu convocação para o início das atividades da vereadora, assinatura do termo de posse e compromisso, que deverá ser na sessão da próxima segunda-feira, 5 de setembro, quando deverão ser apresentados os documentos necessários à posse”, explicou o Legislativo.
Ainda conforme a Câmara Municipal de Dracena, Castilho já recorreu da decisão que lhe cassou o mandato e espera o julgamento do recurso.
A Câmara informou que a Justiça determinou a posse da suplente do PSD e não da coligação, como fora o primeiro entendimento do Legislativo.
G1

Com apenas um voto, Aline de Oliveira Souza (PSD) tomará posse na próxima segunda-feira (5) como vereadora em Dracena. O ato formal de convocação da primeira suplente do Partido Social Democrático foi editado na noite desta segunda-feira (29) pela Mesa Diretora, acatou decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e seguiu determinação do juiz da 149ª Zona Eleitoral da Comarca de Dracena, Marcus Frazão Frota.
Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Aline foi a menos votada entre os 109 candidatos que disputaram uma cadeira no Poder Legislativo da cidade nas eleições municipais de 2012. Ela ficou empatada com Elyara Dias de Morais Rossi, que também teve apenas um voto na ocasião pelo PV.
A nova vereadora ocupará o lugar deixado por Rodrigo Castilho, que teve o mandato cassado pelo TRE por infidelidade partidária, no dia 15 de agosto, por ter saído do PSD e se filiado ao PSDB fora do prazo legal. Também segundo o TSE, ele foi o quinto candidato mais votado em 2012, com 975 votos.
De acordo com o Poder Legislativo, em certidão encaminhada pelo Cartório Eleitoral da cidade, Aline é apontada como a “única vereadora suplente eleita pelo PSD nas eleições de 2012 que ainda se mantém filiada ao partido”.
“A Secretaria da Câmara já expediu convocação para o início das atividades da vereadora, assinatura do termo de posse e compromisso, que deverá ser na sessão da próxima segunda-feira, 5 de setembro, quando deverão ser apresentados os documentos necessários à posse”, explicou o Legislativo.
Ainda conforme a Câmara Municipal de Dracena, Castilho já recorreu da decisão que lhe cassou o mandato e espera o julgamento do recurso.
A Câmara informou que a Justiça determinou a posse da suplente do PSD e não da coligação, como fora o primeiro entendimento do Legislativo.
G1