Justiça Eleitoral indefere registro de candidatura de prefeitável em Campina Grande

A juíza Ana Cristina Soares Penazzi, da 16ª Zona Eleitoral, de Campina Grande, indeferiu o pedido de registro de candidatura do candidato a prefeito da cidade, Walter Brito Neto (PEN).
O candidato ainda pode recorrer da decisão da magistrada.
Na decisão, a juíza afirma que o candidato não está quite a Justiça Eleitoral por irregularidades na prestação de contas de 2014, que foram julgadas como não prestadas, com problemas na prestação de contas do candidato relativas à eleição de 2014.
“Verifica-se que não foram preenchidas todas as condições legais para o registro do pré-candidato a prefeito, não encontrando o mencionado candidato quite com a Justiça Eleitoral por irregularidades na prestação de contas de 2014 e foram julgadas como não prestadas, bem como também, por multa eleitoral por propaganda irregular conforme informações constantes nos bancos de dados do cadastro eleitoral”, diz o despacho.

A juíza Ana Cristina Soares Penazzi, da 16ª Zona Eleitoral, de Campina Grande, indeferiu o pedido de registro de candidatura do candidato a prefeito da cidade, Walter Brito Neto (PEN).
O candidato ainda pode recorrer da decisão da magistrada.
Na decisão, a juíza afirma que o candidato não está quite a Justiça Eleitoral por irregularidades na prestação de contas de 2014, que foram julgadas como não prestadas, com problemas na prestação de contas do candidato relativas à eleição de 2014.
“Verifica-se que não foram preenchidas todas as condições legais para o registro do pré-candidato a prefeito, não encontrando o mencionado candidato quite com a Justiça Eleitoral por irregularidades na prestação de contas de 2014 e foram julgadas como não prestadas, bem como também, por multa eleitoral por propaganda irregular conforme informações constantes nos bancos de dados do cadastro eleitoral”, diz o despacho.