EI estaria recrutando extremistas para matar cristãos em shoppings

recrutamemnto2Extremistas do Estado Islâmico estão planejando assassinar cristãos em um shopping center na Bélgica usando motosserras, de acordo com o filho de um imã (líder religioso) radical do grupo.
O adolescente foi preso na cidade belga de Verviers depois de um vídeo em que ele aparece andando por uma rua e convocando o assassinato de cristãos em árabe surgiu nas redes.
Em depoimento para a polícia, ele teria revelado que o grupo terrorista está recrutando extremistas com o objetivo de cometer um massacre em um shopping center — possivelmente usando uma motosserra.
O jornal belga La Derniere Heure informou ainda que o jovem, filho do imã radical Shayh Alami, confessou aos investigadores que o Estado Islâmico esteve recrutando “lobos solitários” na Bélgica durante todo o verão.
Ele teria afirmado que os terroristas belgas que saíram do país e foram para a guerra na Síria estavam tentando convencer amigos e parentes que ficaram em casa a cometer ataques terroristas.
O filho do imã disse que dois desses planos de ataque envolveriam um massacre com uma motosserra em um centro comercial belga. Um outro plano era assassinar um segundo imã, que, de acordo com o jovem, “não era suficientemente radical”.
O município de Verviers, onde o imã e seu filho vivem, tem sido descrita como um dos principais centros de radicalismo na Bélgica, ao lado do subúrbio de Molenbeek, em Bruxelas. A cidade está passando por um declínio acentuado ao longo das últimas décadas e atualmente é uma das regiões mais pobres do país.
R7

recrutamemnto2Extremistas do Estado Islâmico estão planejando assassinar cristãos em um shopping center na Bélgica usando motosserras, de acordo com o filho de um imã (líder religioso) radical do grupo.
O adolescente foi preso na cidade belga de Verviers depois de um vídeo em que ele aparece andando por uma rua e convocando o assassinato de cristãos em árabe surgiu nas redes.
Em depoimento para a polícia, ele teria revelado que o grupo terrorista está recrutando extremistas com o objetivo de cometer um massacre em um shopping center — possivelmente usando uma motosserra.
O jornal belga La Derniere Heure informou ainda que o jovem, filho do imã radical Shayh Alami, confessou aos investigadores que o Estado Islâmico esteve recrutando “lobos solitários” na Bélgica durante todo o verão.
Ele teria afirmado que os terroristas belgas que saíram do país e foram para a guerra na Síria estavam tentando convencer amigos e parentes que ficaram em casa a cometer ataques terroristas.
O filho do imã disse que dois desses planos de ataque envolveriam um massacre com uma motosserra em um centro comercial belga. Um outro plano era assassinar um segundo imã, que, de acordo com o jovem, “não era suficientemente radical”.
O município de Verviers, onde o imã e seu filho vivem, tem sido descrita como um dos principais centros de radicalismo na Bélgica, ao lado do subúrbio de Molenbeek, em Bruxelas. A cidade está passando por um declínio acentuado ao longo das últimas décadas e atualmente é uma das regiões mais pobres do país.
R7