Ministro cai e acusa governo de tentar travar a ´Lava Jato´

O advogado-geral da União, Fabio Medina Osório, foi demitido ontem e atribuiu a exoneração à insatisfação do governo com medidas tomadas pela AGU contra políticos investigados na Operação Lava Jato, incluindo aliados de Michel Temer, revela o jornal O Estado de São Paulo.
A saída foi definida horas depois de Medina cobrar agilidade da equipe nas providências para ajuizar ações de improbidade contra responsáveis por desvios na Petrobrás e outros órgãos.
A AGU pediu ao Supremo Tribunal Federal acesso a inquéritos que apuram a participação de integrantes da base do governo no esquema da Lava Jato, acrescenta o jornal.
A interlocutores, Medina disse que a solicitação teria sido feita sem alinhamento com a Casa Civil, que temia um “incidente político” com apoiadores no Congresso.
*fonte: estadão

O advogado-geral da União, Fabio Medina Osório, foi demitido ontem e atribuiu a exoneração à insatisfação do governo com medidas tomadas pela AGU contra políticos investigados na Operação Lava Jato, incluindo aliados de Michel Temer, revela o jornal O Estado de São Paulo.
A saída foi definida horas depois de Medina cobrar agilidade da equipe nas providências para ajuizar ações de improbidade contra responsáveis por desvios na Petrobrás e outros órgãos.
A AGU pediu ao Supremo Tribunal Federal acesso a inquéritos que apuram a participação de integrantes da base do governo no esquema da Lava Jato, acrescenta o jornal.
A interlocutores, Medina disse que a solicitação teria sido feita sem alinhamento com a Casa Civil, que temia um “incidente político” com apoiadores no Congresso.
*fonte: estadão