Homem é morto a tiros dentro da Vila Olímpica em Campina Grande

cariocaCom três tiros de revólver foi morto na noite deste sábado (22) em Campina Grande, o jovem Andrey Luiz Batista de Deus, 19, conhecido por ´Carioca´.

Ele morava na localidade Chã do Marinho, entre Lagoa Seca e Massaranduba e foi atingido com dois tiros na cabeça e um no ombro. O crime aconteceu por volta de 19h, dentro da Vila Olímpica Plínio Lemos, no bairro José Pinheiro.
A polícia informou que ao lado do corpo foi encontrada uma sacola com maconha e uma balança de precisão.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime, mas a polícia acredita que a vítima era envolvida com o tráfico de drogas na região.
A Vila Olímpica hoje está praticamente abandonada e serve para encontros sexuais de jovens e para o uso de drogas.

Redação

cariocaCom três tiros de revólver foi morto na noite deste sábado (22) em Campina Grande, o jovem Andrey Luiz Batista de Deus, 19, conhecido por ´Carioca´.

Ele morava na localidade Chã do Marinho, entre Lagoa Seca e Massaranduba e foi atingido com dois tiros na cabeça e um no ombro. O crime aconteceu por volta de 19h, dentro da Vila Olímpica Plínio Lemos, no bairro José Pinheiro.
A polícia informou que ao lado do corpo foi encontrada uma sacola com maconha e uma balança de precisão.

Ainda não há informações sobre a autoria do crime, mas a polícia acredita que a vítima era envolvida com o tráfico de drogas na região.
A Vila Olímpica hoje está praticamente abandonada e serve para encontros sexuais de jovens e para o uso de drogas.

Redação