Trio é preso suspeito de roubar R$ 50 mil de posto; frentista é um dos detidos

Três homens foram presos na noite desta segunda-feira (24), suspeitos de roubar R$ 50 mil em um assalto a um posto de combustíveis de Tibiri, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, nesse domingo (23). Um frentista do estabelecimento está entre os detidos, pois foi identificado como participante do crime por agentes do 7º Batalhão da Polícia Militar.

“Ao observarmos imagens do circuito de câmeras do posto, percebemos que o frentista apresentava uma atitude conivente com a ação dos criminosos. Ao ser interrogado pela PM, ele confessou o crime e indicou onde os outros envolvidos seriam encontrados”, disse o tenente-coronel Júlio César, comandante do 7º BPM, revelando que os demais suspeitos foram presos no bairro Alto das Populares, em Santa Rita, e no Cabo Branco, na Zona Leste de João Pessoa.

Com os detidos foi encontrada a quantia de R$ 19.400, que seria parte do dinheiro roubado no dia anterior. “Eles alegaram que gastaram o restante no pagamento de dívidas”, revelou o tenente-coronel. Também foi apreendido um revólver e certa quantidade de maconha.
Os presos foram encaminhados para a 14ª Delegacia Distrital de Santa Rita, onde vão permanecer encarcerados enquanto aguardam o andamento do processo judicial.

Três homens foram presos na noite desta segunda-feira (24), suspeitos de roubar R$ 50 mil em um assalto a um posto de combustíveis de Tibiri, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, nesse domingo (23). Um frentista do estabelecimento está entre os detidos, pois foi identificado como participante do crime por agentes do 7º Batalhão da Polícia Militar.

“Ao observarmos imagens do circuito de câmeras do posto, percebemos que o frentista apresentava uma atitude conivente com a ação dos criminosos. Ao ser interrogado pela PM, ele confessou o crime e indicou onde os outros envolvidos seriam encontrados”, disse o tenente-coronel Júlio César, comandante do 7º BPM, revelando que os demais suspeitos foram presos no bairro Alto das Populares, em Santa Rita, e no Cabo Branco, na Zona Leste de João Pessoa.

Com os detidos foi encontrada a quantia de R$ 19.400, que seria parte do dinheiro roubado no dia anterior. “Eles alegaram que gastaram o restante no pagamento de dívidas”, revelou o tenente-coronel. Também foi apreendido um revólver e certa quantidade de maconha.
Os presos foram encaminhados para a 14ª Delegacia Distrital de Santa Rita, onde vão permanecer encarcerados enquanto aguardam o andamento do processo judicial.