Recebido pelo ministro da Integração, Romero pede R$ 12,2 milhões para ações emergenciais que amenizem a crise hídrica

recebidoO prefeito Romero Rodrigues (PSDB), de Campina Grande, foi recebido em audiência no final da manhã desta quarta-feira, 9, pelo ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional.

Na ocasião, Romero entregou a Barbalho um plano de trabalho com uma série de ações em parceria com o governo federal para minimizar os impactos da crise hídrica que se abate sobre Campina.

Objetivamente, estão sendo requeridos, através do convênio direto com o Município, R$ 12,2 milhões ao Ministério para imediata aplicação do plano. Na companhia dos deputados federais Pedro Cunha Lima (PSDB) e Rômulo Gouveia (PSD), Romero fez uma detalhada exposição ao ministro sobre as ações previstas no Plano de Trabalho apresentado.

Entre outras demandas, o prefeito campinense pede apoio para contratação de carros-pipa; a perfuração de 100 poços artesianos; a instalação de 50 dessalinizadores na zona rural; a aquisição de mil caixas de água e até mesmo a compra de 400 mil botijões de 20 litros de água mineral.

A apresentação do Plano de Trabalho nesta quarta foi consequência da primeira reunião de Romero Rodrigues com Helder Barbalho, no último dia 17 de outubro, em Brasília.

Na oportunidade, o prefeito de Campina Grande sensibilizou o ministro da integração a respeito da grave crise hídrica que se abate sobre a cidade e lamentou que recursos federais repassados ao Governo do Estado não tenham contemplado a cidade, nos últimos anos.

Ficou acertado, então, que seria celebrado convênio entre o governo federal e o Município.

Na Defesa Civil
Ainda na tarde desta quarta-feira, Romero voltou ao Ministério para uma reunião com a diretoria da Secretaria Nacional da Defesa Civil, que já tinha sido acionada pelo ministro Helder Barbalho, com a orientação de agilizar os procedimentos administrativos para a liberação dos recursos solicitados.

Além de agradecer o apoio de Pedro Cunha Lima e Rômulo Gouveia, Romero destacou a boa receptividade do ministro da Integração Nacional aos pleitos de Campina Grande e ressaltou a importância da parceria para implementação das ações emergências, no sentido de amenizar os impactos da crise hídrica que causa tanta preocupação no município.

recebidoO prefeito Romero Rodrigues (PSDB), de Campina Grande, foi recebido em audiência no final da manhã desta quarta-feira, 9, pelo ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional.

Na ocasião, Romero entregou a Barbalho um plano de trabalho com uma série de ações em parceria com o governo federal para minimizar os impactos da crise hídrica que se abate sobre Campina.

Objetivamente, estão sendo requeridos, através do convênio direto com o Município, R$ 12,2 milhões ao Ministério para imediata aplicação do plano. Na companhia dos deputados federais Pedro Cunha Lima (PSDB) e Rômulo Gouveia (PSD), Romero fez uma detalhada exposição ao ministro sobre as ações previstas no Plano de Trabalho apresentado.

Entre outras demandas, o prefeito campinense pede apoio para contratação de carros-pipa; a perfuração de 100 poços artesianos; a instalação de 50 dessalinizadores na zona rural; a aquisição de mil caixas de água e até mesmo a compra de 400 mil botijões de 20 litros de água mineral.

A apresentação do Plano de Trabalho nesta quarta foi consequência da primeira reunião de Romero Rodrigues com Helder Barbalho, no último dia 17 de outubro, em Brasília.

Na oportunidade, o prefeito de Campina Grande sensibilizou o ministro da integração a respeito da grave crise hídrica que se abate sobre a cidade e lamentou que recursos federais repassados ao Governo do Estado não tenham contemplado a cidade, nos últimos anos.

Ficou acertado, então, que seria celebrado convênio entre o governo federal e o Município.

Na Defesa Civil
Ainda na tarde desta quarta-feira, Romero voltou ao Ministério para uma reunião com a diretoria da Secretaria Nacional da Defesa Civil, que já tinha sido acionada pelo ministro Helder Barbalho, com a orientação de agilizar os procedimentos administrativos para a liberação dos recursos solicitados.

Além de agradecer o apoio de Pedro Cunha Lima e Rômulo Gouveia, Romero destacou a boa receptividade do ministro da Integração Nacional aos pleitos de Campina Grande e ressaltou a importância da parceria para implementação das ações emergências, no sentido de amenizar os impactos da crise hídrica que causa tanta preocupação no município.